Novas leis do alojamento local e da Uber em “sprint” final até ao próximo mês

Deputados do PS procuram obter consensos à esquerda (alojamento local) e à direita (Uber), para fecharem os dossiês antes da pausa estival de agosto.

A cerca de um mês do final da sessão legislativa, isto é, a pausa estival dos trabalhos parlamentares, os deputados ainda tentam fechar alguns dossiês atrasados. Desde logo a revisão da lei do alojamento local que está a ser discutida há mais de um ano. O PS foi o primeiro a avançar com uma proposta que suscitou controvérsia, na medida em que conferia às assembleias de condóminos o poder de aprovar ou reprovar a abertura de uma unidade de alojamento local. A proposta do PS acabou por não vingar, baixando à especialidade, tal como outras propostas do BE, PCP, PAN e CDS-PP.

Perante a dispersão de iniciativas e falta de consenso interpartidário, constituiu-se o Grupo de Trabalho sobre a Temática do Alojamento Local, em janeiro de 2018, com um prazo de 60 dias para a conclusão dos respetivos trabalhos. O problema é que a série de audiências com entidades e associações representativas do setor obrigou a uma prorrogação desse prazo e os trabalhos só deverão ser finalizados na próxima semana, após uma última audição com a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Artigo publicado na edição semanal do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Relacionadas

Motoristas da Uber, Cabify e Taxify não têm de pagar multas, diz tribunal

Na ausência de legislação, a opção deve ser a de não aplicação de coimas, segundo o juíz.

Uber quer usar Inteligência Artificial para perceber se clientes estão embriagados

A empresa de recolha e transporte de passageiros quer uma patente na qual através da inteligência artificial consiga determinar o quão alcoolizado o cliente poderá estar.
Recomendadas

Farfetch escolhe mais sete startups para acelerar e uma delas é portuguesa

O programa de empreendedorismo da tecnológica contará, na terceira edição, com a BECOCO, Brandpoint Analytics, Change of Paradigm, Inline Digital, Mirow, Personify XP e a Springkode.

Novo Banco faz fusão por incorporação com BES das Ilhas Caimão

Contactada pela Lusa, fonte oficial do Novo Banco confirmou a informação, explicitando que se trata de uma fusão por incorporação.

BCP ficou com 10,9% na Inapa que quer vender no mercado

O BCP ficou diretamente (sem contar com a participação do Fundo de Pensões) com 10,88% da Inapa que quer vender no mercado paulatinamente, para não perturbar a bolsa.
Comentários