Novo crédito pessoal em alta e automóvel em queda em agosto

Novos créditos pessoais aumentaram 9,8%, com os novos empréstimos automóvel a recuarem 8,4%.

O montante dos novos créditos aumentou 16,9% no crédito pessoal e 17% nos cartões e descoberto, recuando 8,1% no automóvel, em agosto face ao mês homólogo, para um total de 637 milhões de euros, divulgou hoje o BdP.

De acordo com os dados mais recentes do Banco de Portugal (BdP) sobre a evolução dos novos créditos aos consumidores, o valor dos novos créditos pessoais subiu 16,9% para 282 milhões de euros, enquanto o montante dos novos empréstimos para compra de automóvel decresceu 8,1% para 261 milhões de euros.

Em número, os novos créditos pessoais aumentaram 9,8%, somando 40.538 contratos, e os novos empréstimos para compra de automóvel recuaram 8,4%, para 18.356 contratos.

Quanto aos novos empréstimos através de cartões e descoberto, subiram 17,0% em montante, para 94 milhões de euros, e 19,7% em número, para um total de 76.297 contratos.

Recomendadas

Agricultura de precisão é o caminho de futuro

Sensores de rega gota a gota, utilização de GPS, crescente informatização dos processos produtivos e de logística são as tendências do setor da agricultura em Portugal. Conheça os desafios e os projetos.

Goldman Sachs prevê contração da economia norte-americana em 4,6% este ano

Os economistas do banco reviram em baixa as estimativas para a evolução do PIB dos Estados Unidos. No entanto, melhoraram as previsões para a taxa de desemprego.

CFP afasta cenário de recuperação económica rápida

Em entrevista à ‘Antena 1’ e ‘Jornal de Negócios’, Nazaré da Costa Cabral voltou ainda a falar sobre o Orçamento Suplementar:“Há aqui uma perspetiva de subestimação da queda do produto e de certas das suas componentes que podem comprometer a cobrança de receita fiscal”.
Comentários