Novo crédito pessoal em alta e automóvel em queda em agosto

Novos créditos pessoais aumentaram 9,8%, com os novos empréstimos automóvel a recuarem 8,4%.

O montante dos novos créditos aumentou 16,9% no crédito pessoal e 17% nos cartões e descoberto, recuando 8,1% no automóvel, em agosto face ao mês homólogo, para um total de 637 milhões de euros, divulgou hoje o BdP.

De acordo com os dados mais recentes do Banco de Portugal (BdP) sobre a evolução dos novos créditos aos consumidores, o valor dos novos créditos pessoais subiu 16,9% para 282 milhões de euros, enquanto o montante dos novos empréstimos para compra de automóvel decresceu 8,1% para 261 milhões de euros.

Em número, os novos créditos pessoais aumentaram 9,8%, somando 40.538 contratos, e os novos empréstimos para compra de automóvel recuaram 8,4%, para 18.356 contratos.

Quanto aos novos empréstimos através de cartões e descoberto, subiram 17,0% em montante, para 94 milhões de euros, e 19,7% em número, para um total de 76.297 contratos.

Recomendadas

Estudo da EY indica que subida do salário mínimo dá mais 31,15 euros líquidos por mês aos trabalhadores

A subida do salário mínimo para 635 euros em 2020, que consta da proposta apresentada esta quarta-feira pelo Governo aos parceiros sociais, vai traduzir-se num aumento líquido de 31,15 euros por mês, segundo a consultora EY.

Reserva Federal prevê taxas de juro inalteradas se crescimento se mantiver

O líder do banco central norte-americano Jerome Powell indicou esta quarta-feira que a Reserva Federal (Fed) prevê fazer uma pausa nas suas intervenções sobre as taxas de juro enquanto o crescimento económico se mantiver.

Bloco quer valorização de salários que não fique “refém” da concertação social

O primeiro-ministro garantiu que não ficará dependente dos parceiros sociais, mas ignorá-los “nunca”.
Comentários