Novo surto em lar do concelho do Fundão com 30 infetados

Segundo o comunicado, os utentes que testaram positivo estão assintomáticos e não inspiram cuidados de saúde especiais encontram-se numa área separada dos restantes utentes.

José Coelho/Lusa

Trinta pessoas do lar de idosos do Centro Paroquial de Bem-Estar Social de Valverde, no Fundão, tiveram resultado positivo para o novo coronavírus, sendo este o segundo surto verificado em lares naquele concelho, informou hoje a autarquia local.

Num comunicado conjunto, aquele município do distrito de Castelo Branco e o Centro Social de Valverde especificam que, “ao dia de hoje” [sábado], aquela estrutura tem 22 utentes e oito funcionários infetados.

Segundo o comunicado, os utentes que testaram positivo estão assintomáticos e não inspiram cuidados de saúde especiais encontram-se numa área separada dos restantes utentes.

A informação explica que foi ativado o plano de contingência do lar e que o edifício está a ser integralmente desinfetado.

É igualmente especificado que já todos os utentes e funcionários realizaram teste e que já estão a ser rastreadas todas as redes de contacto das pessoas que testaram positivo.

No Fundão, há ainda um surto ativo na Lar da Santa Casa da Misericórdia, que foi identificado no início da semana e que, de acordo com a testagem feita a todos os funcionários, afeta 55 pessoas: 38 idosos e 17 trabalhadores.

Neste caso, os utentes que tiveram teste negativo foram transferidos para uma unidade hoteleira da cidade, enquanto os restantes permanecem no edifício do lar, que também foi desinfetado.

Além dos surtos nos dois lares, também há 18 pessoas infetadas na comunidade, pelo que, segundo os dados municipais, o concelho regista este sábado um total de 103 casos ativos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 45,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.468 pessoas dos 137.272 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Ler mais
Recomendadas

Costa anuncia luto na quarta-feira devido à morte de Eduardo Lourenço

O ensaísta Eduardo Lourenço era Grande Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada, de que também possuía a Grã-Cruz, assim como da Ordem do Infante D. Henrique e da Ordem da Liberdade.

António Costa destaca Eduardo Lourenço como “camarada” com quem aprendeu muito

O primeiro-ministro lamentou a morte de Eduardo Lourenço e sublinhou ainda a importância de Eduardo Lourenço na reflexão sobre “os fatores da intemporalidade nacional”, destacando o livro “Labirinto da Saudade”, “seguramente um dos mais notáveis ensaios da ensaística portuguesa”.

Morreu o ensaísta Eduardo Lourenço

Foi professor, filósofo, escritor, crítico literário, ensaísta, interventor cívico, várias vezes galardoado e distinguido, Eduardo Lourenço foi um dos pensadores mais proeminentes da cultura portuguesa.
Comentários