Número de desempregados inscritos nos centros de emprego caiu 18% em setembro

IEFP registou uma subida do desemprego de 0,2%, isto é, mais 788 inscritos comparando com o mês anterior.

Hugo Correia/Reuters

O número de desempregados registado nos Serviços de Emprego do Continente e Regiões Autónomas em setembro diminuiu 17,5% face ao mês homólogo do ano passado, fixando-se em 338 935 pessoas, segundo os dados publicados esta segunda-feira pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

“Para a diminuição do desemprego registado, face ao mês homólogo de 2017, contribuíram todos os grupos do ficheiro de desempregados, com destaque para os homens, os adultos com idades iguais ou superiores a 25 anos, os inscritos há um ano ou mais, os que procuravam novo emprego e os que possuem como habilitação escolar o primeiro ciclo básico”, explica o IEFP.

Deste número, 68,2% representam um total de 497 153 pedidos de emprego. A nível regional, comparando com o mês de setembro de 2017, o desemprego registado diminuiu em todas as regiões do País, nomeadamente o Norte (-19,3%) e Alentejo (-19,6%).

Já face ao mês de agosto, registou-se uma subida de 0,2%, isto é, mais 788 inscritos.

Por outro lado, as ofertas de emprego recebidas em agosto totalizaram 12.064 em todo o País, um aumento de 0,6% face ao mês homólogo de 2017 e 15% comparando com o mês anterior. A contribuir para esta subida estiveram as ofertas de emprego das atividades imobiliárias, administrativas e dos serviços de apoio e de alojamento, restauração e similares.

Relacionadas

Desemprego registado cai para mínimo de 16 anos

O total de desempregados registados em julho no país foi inferior em 20,6% ao do mesmo mês de 2017, havendo menos 85,7 mil inscrições.

Está desempregado? Conheça os seus direitos e deveres

Ainda que as notícias sejam boas (e que o número de desempregados inscritos nos centros de emprego tenham caído para mínimos de quase 16 anos), ainda há milhares de portugueses que procuram emprego. A pensar nestes cidadãos, o Economize reuniu alguns dos direitos e deveres que, para o Instituto do Emprego e Formação Profissional, um desemprego deve ter/cumprir.
Recomendadas

PremiumQueda da população ativa pode impedir recuperação económica rápida

A taxa de desemprego desceu no segundo trimestre, mas o impacto da pandemia no turismo e o aumento da concorrência global na era do teletrabalho preocupam os especialistas consultados pelo JE.

Estigma com produtos da China e quebra de turistas deixam restaurantes chineses em crise

Os restaurantes chineses sofrem mais quebras no negócio do que os restaurantes nacionais devido ao estigma associado a produtos da China, país onde o novo coronavírus foi detetado pela primeira vez, e porque o turista asiático deixou de visitar Portugal.

Covid-19: Direção do consumidor emite quatro alertas no mesmo dia sobre máscaras

Quatro modelos de máscaras com insuficiente retenção de partículas no material filtrante foram na semana passada, num só dia, motivo de alertas da Direção-geral do Consumidor (DGC) e sistema europeu de alerta rápido para produtos não alimentares (Rapex).
Comentários