O amor da sua vida, Kathryn Mayorga e as lágrimas pelo pai. Ronaldo mostra o seu lado íntimo em entrevista

Num vídeo que já deu a volta ao mundo, Piers Morgan leva Cristiano Ronaldo às lágrimas ao mostrar um vídeo do orgulho que o seu pai sentia por ele, após Portugal perder a final do Europeu contra a Grécia em 2004.

Cristiano Ronaldo concedeu uma entrevista ao canal televisivo ITV News e ao apresentador Piers Morgan. O capitão das quinas teve uma conversa intimista com o apresentador britânico, no passado dia 12 de setembro e vai para o ar esta terça-feira, 17 de setembro.

Piers Morgan levou Cristiano Ronaldo às lágrimas, num vídeo de apresentação da entrevista que já correu o mundo. Após lhe ter sido mostrado um vídeo do pai, José Dinis Aveiro, que faleceu em 2005, Ronaldo chorou perante as câmaras e garantiu que nunca viu o vídeo.

No vídeo em causa, o pai do futebolista da Juventus fala com orgulho do filho, numa entrevista, após o confronto de Portugal com a Grécia na final do Euro 2004. José Dinis Aveiro morreu quando Cristiano Ronaldo tinha 20 anos e alinhava pelo Manchester United.

Questionado sobre qual era a tristeza ao ver o vídeo, Ronaldo sustenta que é pelo facto de o pai não ter visto no que ele se tornou. “Ser o número um e [o meu pai] não ver. Ele não me viu a receber os prémios”, sublinhou o internacional de 34 anos, nascido na Madeira.

“A minha família vê tudo. A minha mãe, os meus irmãos, até o meu filho mais velho… Mas o meu pai, ele não viu nada”, afirma Ronaldo na entrevista.

Durante a conversa com o apresentador do programa ‘Bom Dia Reino Unido’, Cristiano Ronaldo também abriu a sua perspetiva do caso do alegado caso de violação de Kathryn Mayorga, que foi arquivado.

O processo foi aberto o ano passado, embora a alegada violação tenha acontecido em Las Vegas durante o ano de 2007. A acusação contra Ronaldo foi retirada do tribunal norte-americano por falta de evidências.

“Eles jogam com a tua dignidade”, começa Ronaldo por afirmar. “É difícil. Tens uma namorada, uma família e filhos. Quando eles brincam com a tua honestidade é mau e é difícil”, garantiu.

“Lembro-me de um dia em que estava em casa com a minha namorada, a ver as notícias na televisão e eles estavam a falar sobre Cristiano Ronaldo isto e aquilo”, descreve. “Ouvi o meu filho a descer as escadas e mudei de canal porque é embaraçoso”, afirmou.

Cristiano Ronaldo disse que mudou logo de canal “para eles [filhos] não verem as televisões a falar mal do pai”. “Piers, para ser sincero, fez-me sentir tão mal”, garantiu.

No vídeo de apresentação, a conversa entre os dois encerra com Cristiano a abrir o coração. “A Gio é parte de mim. Estou apaixonado por ela”, sustenta o jogador internacional.

Ler mais
Relacionadas

Ronaldo deixa conselho a João Félix: “Tem que ter preparação mental para aguentar a crítica”

“Vejo luz ao fundo do túnel nesta nova geração, vejo muito potencial, temos muitos jogadores jovens que estão a aparecer que são muito bons, o futuro é risonho”, disse o capitão da equipa das quinas, que espera jogar no mundial do Qatar em 2022.

Cristiano Ronaldo: “Muitas vezes joguei lesionado”

Cristiano Ronaldo revelou que “a dada altura percebi que na hora da verdade, o que as pessoas esperavam de mim eu tinha de retribuir”, assumindo a responsabilidade como muitas vezes aconteceu na seleção nacional.

“Era um jogador de amor à primeira vista”. New York Times ‘rendido’ a João Félix

“João Félix está com pressa. E os outros também”. É o título da publicação no jornal norte-americano que deixa claro que a ascensão do “rapaz de 120 milhões de euros” é demasiado rápida para passar ao lado de quem quer que seja.
Recomendadas

Universidade de Coimbra quer tornar viável a produção de “caviar português” em aquacultura

Tornar viável a produção de ouriços-do-mar em aquacultura, de forma rentável e com reduzido impacto ambiental, é o objetivo de uma equipa de investigadores da Universidade de Coimbra, que está a desenvolver um modelo integrado de cultivo em cativeiro da espécie mais abundante em Portugal.

Restrições na área de Lisboa poderão ser levantadas “muito brevemente”, diz António Costa

O primeiro-ministro revelou esta quarta-feira que as restrições impostas na Área Metropolitana de Lisboa devido à pandemia de covid-19 poderão ser levantadas “muito brevemente”, uma vez que os focos de contágio identificados são “situações muito contidas”.

Restrições ao trânsito automóvel na Baixa de Lisboa adiadas

As restrições à circulação automóvel na Zona de Emissões Reduzidas (ZER) da Baixa de Lisboa, inicialmente previstas para este verão, vão ser adiadas, anunciou esta quarta-feira o presidente da câmara.
Comentários