PremiumO teletrabalho vai acabar?

Não. O “não” é mesmo “não” para empresas como a Google, Sony, Twitter, Royal Bank of Scotland, Facebook ou Uber, que ainda no verão anunciaram que iriam manter este regime de trabalho, pelo menos, até 2021 (algumas até para sempre, no caso dos funcionários cuja presença física é dispensável).

Não. O “não” é mesmo “não” para empresas como a Google, Sony, Twitter, Royal Bank of Scotland, Facebook ou Uber, que ainda no verão anunciaram que iriam manter este regime de trabalho, pelo menos, até 2021 (algumas até para sempre, no caso dos funcionários cuja presença física é dispensável). É um modelo que se consolidou no confinamento obrigatório por imposição, mas tem ganho adeptos em todo o mundo.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Quer comprar casa? Conheça todos os impostos que terá de pagar

Existem alguns impostos na compra de imóvel que são obrigatórios. Veja como calculá-los e descubra se pode beneficiar de isenção no pagamento destes.

Direito a férias: descubra tudo o que precisa de saber neste guia

Confira a quantos dias tem direito e quais as regras para marcação e acumulação de férias.

Abono de família: quem tem direito e quais os valores?

Conhece os critérios avaliados para a obtenção do abono de família? Saiba aqui se tem direito a este apoio, como pode recebê-lo e qual o montante.
Comentários