Para chegar a Madrid, Greta vai ter de apanhar comboio a gasóleo

Apesar de a maioria do percurso entre as duas capitais ibéricas estar eletrificado, existe ainda um troço de 100 quilómetros que vai ter de ser feito com uma locomotiva a gasóleo.

Greta Thunberg vai estar esta terça-feira em Lisboa, a sua primeira paragem na Europa depois de ter atravessado o oceano Atlântico. A ativista ambiental deverá depois apanhar o comboio para Madrid onde vai assistir à cimeira do clima COP 25, organizada pelas Nações Unidas, segundo o jornal Público.

No Lusitânia Comboio Hotel, a ativista poderá sair pelas 21h25 de Santa Apolónia desta terça-feira, numa viagem que passa por Coimbra, Mangualde e Guarda até chegar à fronteira em Vilar Formoso, sempre em linhas eletrificadas.

Mas entre a fronteira portuguesa e Medina del Campo em Espanha a linha não está eletrificada, logo a jovem terá de seguir num comboio a gasóleo neste troço de 100 quilómetros, com esta locomotiva a produzir o dobro das emissões poluentes de um comboio elétrico, de acordo com o El Mundo.

A viagem dura um total de 10 horas e 15 minutos, contando com 17 paragens, chegando à capital espanhola às 8h15 da manhã de quinta-feira.

Outra alternativa seria se a jovem optasse por ir até Madrid pela linha do Alto Alentejo. Nesse caso teria de apanhar quatro comboios, dois deles a gasóleo.

De Lisboa a Entroncamento, a linha é eletrificada. Mas do Entroncamento até Espanha, teria de apanhar uma locomotiva Allan da década de 1950 que não supera os 100 quilómetros por hora, presets a celebrar 70 anos de serviço.

Este comboio vai manter-se até à fronteira, onde teria de haver nova transferência de comboio, um comboio a gasóleo até Mérida, segundo o El Confidencial. Desde a cidade da Extremadura até Madrid, o comboio já é eletrificado.

Ler mais
Relacionadas

Greta chega hoje a Lisboa. Conheça as polémicas da jovem ativista

Lisboa e Nova Iorque estão separadas por 21 dias, à velocidade de cruzeiro do ‘La Vagabonde’, onde a jovem ativista de 16 anos se encontra. Greta Thunberg chega esta terça-feira a Lisboa.

COP 25: Madrid vai ser o centro do mundo durante duas semanas. O que vai ser discutido?

Madrid acolhe durante duas semanas, entre 2 e 13 de dezembro, a Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas. O que vai ser discutido na capital espanhola por centenas de países?

Matos Fernandes agradece a Greta por sensibilizar gerações para “o maior desafio dos nossos tempos”

O governante enviou uma carta à ativista a agradecer o trabalho na luta contra as alterações climáticas. “Estamos gratos pelo teu ativismo”, disse o ministro.
Recomendadas

Coca Cola aposta no plástico reciclado para as suas embalagens PET

A CuRe tem o potencial de apoiar a Coca-Cola na Europa Ocidental no seu objetivo de eliminar o PET virgem de origem fóssil das suas embalagens durante a próxima década, o que ajudará a eliminar a utilização de mais de 200 mil toneladas de PET virgem por ano.

Ministério Público está investigar descarrilamento de Alfa Pendular

Questionada na sexta-feira pela Lusa, a PGR confirmou hoje “a instauração de inquérito” relativo ao descarrilamento do Alfa Pendular. Segundo a PGR, o inquérito foi aberto na primeira secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra.

Primeiros 12 drones de vigilância das florestas já foram entregues à Força Aérea

A aquisição dos drones por parte da Força Aérea portuguesa foi financiada, na sua totalidade, pelo Fundo Ambiental do governo. Os drones representam um investimento inferior quando comparado aos meios aéreos tripulados, a que se junta a capacidade de permanecerem no ar durante mais tempo (12 horas), reforçando assim a sua importância na ajuda à prevenção/combate dos incêndios em Portugal.
Comentários