Parlamento Europeu aprova acordo do Brexit

Britânicos vão deixar a União Europeia de forma oficial esta sexta-feira às 23 horas.

O Parlamento Europeu aprovou esta quarta-feira o acordo do Brexit com 621 votos favoráveis, 49 votos contra e 13 abstenções.

A votação na assembleia europeia ocorreu precisamente uma semana depois de a rainha Isabel II ter promulgado, em 23 de janeiro, o contestado e adiado projeto de lei que formaliza a saída do Reino Unido do bloco europeu, horas após a sua aprovação pela Câmara dos Lordes (câmara alta do Parlamento britânico).

No mesmo dia, a comissão de Assuntos Constitucionais do Parlamento Europeu aprovou uma recomendação para o hemiciclo aprovar o Acordo de Saída – elaborada pelo presidente do grupo diretor da assembleia para o ‘Brexit’, Guy Verhofstadt –, faltando agora somente a “luz verde” em plenário, o que sucederá então hoje ao final da tarde.

Três anos e meio depois de o ‘Brexit’ ter sido decidido num referendo por 52% dos eleitores, em junho de 2016, o processo provocou uma crise política devido ao impasse no parlamento, que rejeitou três vezes o acordo negociado pela antiga primeira-ministra Theresa May e forçou o adiamento da saída, que irá então concretizar-se finalmente na próxima sexta-feira, às 23:00 de Londres (mesma hora em Lisboa, 00:00 de 01 de fevereiro em Bruxelas).

No sábado, 1 de fevereiro, iniciar-se-á o chamado “período de transição”, até 31 de dezembro de 2020, durante o qual as duas partes UE negociarão a relação futura, e no mesmo dia, em virtude de o Reino Unido tornar-se um país terceiro, abrirá a nova delegação da União Europeia no Reino Unido, que será encabeçada pelo diplomata português João Vale de Almeida.

Relacionadas

Nigel Farage: “O Brexit é apenas o início de uma reconfiguração na Europa”

O antigo presidente do UKIP e cofundador do Partido Brexit considera que a saída do Reino Unido da União Europeia é resultado de um exercício democrático. “Não há volta a dar. Isto é uma vitória”, afirmou esta quarta-feira em conferência de imprensa em Bruxelas.

Brexit: Parlamento Europeu carimba hoje saída do Reino Unido da UE

O Parlamento Europeu (PE) vota hoje, em Bruxelas, o Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia, a derradeira etapa formal para a efetiva consumação do ‘Brexit’ dois dias depois, em 31 de janeiro.

Governo britânico vai enfrentar desafios orçamentais e económicos devido ao Brexit

O governo britânico pode reivindicar vitória ao concretizar o Brexit a 31 de janeiro mas, resolvido o divórcio entre Reino Unido e União Europeia, falta negociar a relação futura e anteveem-se potenciais escolhas difíceis com impacto no orçamento britânico.
Recomendadas

Endividamento da economia aumentou 3,1 mil milhões de euros em 2019

O endividamento da economia aumentou em termos nominais no final de 2019, face a igual período de 2018. No entanto, em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB) caiu de 352,1% para 341,2%.

Dívida pública caiu para 118,2% em 2019, abaixo das estimativas do Governo

A dívida pública na ótica de Maastricht prossegue uma trajetória descendente, já que diminuiu face aos 122,2%, registados em 2018. Fixou-se ainda abaixo dos 118,9% esperados pelo Governo.

Isabel dos Santos impugna arresto de contas bancárias em Portugal

A empresária diz que não consegue pagar salários, ao fisco, Segurança Social e a fornecedores. Adianta ainda que as empresas nas quais detém participação maioritária têm empréstimos por reembolsar, no valor de 180 milhões de euros, tendo já reembolsado 391 milhões.
Comentários