Passagem de ano em Lisboa atrai turistas italianos, brasileiros e egípcios

84% das propriedades que a plataforma GuestReady gere em Lisboa já estão reservadas para a Passagem de Ano. O Inverno pouco rigoroso e as temperaturas amenas atraem os visitantes que escolhem desfrutar das festividades na capital.

Para esta semana que antecede a Passagem de Ano, a GuestReady, especialista na gestão de propriedades para arrendamento de curta-duração, que fornece serviços profissionais a investidores imobiliários, proprietários de casas e anfitriões da Airbnb, já regista uma ocupação de 84% na cidade de Lisboa.

Quanto às localizações preferidas na cidade, Alfama, Graça, Bairro Alto, Chiado, Baixa, Príncipe Real e Avenida estão entre as zonas mais populares, quer seja entre os portugueses ou estrangeiros. Para a semana da Passagem de Ano a GuestReady regista reservas da parte de italianos, brasileiros e egípcios. Os turistas, apurou a empresa, são essencialmente atraídos pelo inverno ameno, com temperaturas agradáveis quando comparadas com outras capitais europeias, pela gastronomia e pelas atividades e opções de entretenimento.

As razões que trazem os estrangeiros a celebrar a época festiva em Portugal são quase tão variadas quanto as suas nacionalidades: por exemplo, para Jeffery, de 67 anos, natural dos Estados Unidos, a viajar pelo mundo com a mulher, a decisão foi tomada depois de ouvir “coisas ótimas sobre Lisboa na época festiva”, e agora assume estar “muito entusiasmado e curioso para explorar a arquitetura e a grande cozinha que a cidade tem para oferecer”.

Mesmo fora dos meses mais fortes, de calor, Portugal – e a cidade de Lisboa em particular – tem encontrado novas formas de se destacar no roteiro turístico mundial. “Esta época festiva é uma altura atarefada para nós, especialmente à medida que se aproxima a passagem de ano”, explica Vanessa Vizinha, diretora-geral da GuestReady Portugal. “Estamos a assistir a um aumento das reservas por parte de famílias jovens que reservam Airbnbs porque se querem aproximar das suas famílias e amigos ou que, simplesmente, veem nesta altura uma oportunidade para explorar uma cidade nova. Portugal é um ótimo destino, com temperaturas amenas, bem como uma série de eventos para celebrar a época”, reforça.

Importa recordar que a GuestReady celebrou, no passado mês de setembro, um ano da chegada a Portugal e, atualmente, gere mais de 200 propriedades entre Lisboa e Porto, num portefólio avaliado em 51 milhões de euros.

Recomendadas

Livro revela que Elon Musk tentou ser CEO da Apple, mas dono da Tesla desmente rumor

“Não quero ser CEO de nada”, escreveu o Elon Musk na rede social Twitter na passada sexta-feira.

Testes de ‘stress’ do BCE analisaram Novo Banco entre os 51 médios e pequenos bancos abrangidos

De acordo com os dados publicados pela instituição, o banco liderado por António Ramalho poderia, num cenário adverso, perder entre 600 e 899 pontos base e atingir um CET1 ‘fully loaded’, ou seja, tendo em conta futuras exigências de capital, abaixo de 8%.

Discotecas podem reabrir no domingo com regras da restauração, afirma associação

“Um estabelecimento que é considerado como discoteca tendo o CAE de bar, à imagem daquilo que os bares podem fazer, neste momento, que é estar abertos até às duas da manhã, com regras da restauração, sendo que estas regras da restauração não é obrigatoriedade de servir comida, mas sim têm a ver com distanciamento entre mesas, o número limitado de pessoas por mesa ou a exigência de certificado digital à porta durante o período de fim de semana, portanto estas regras da restauração aplicadas aos bares permitem também a discotecas com CAE de bar que o façam”, declarou o presidente da ADN.
Comentários