Paypal e criptomoedas

A Paypal pretende fazer parte do ecossistema das moedas digitais, preparando-se para integrar as novas iniciativas que se perfilam no horizonte. É cada vez mais certo que os bancos centrais irão emitir moedas digitais.

A Paypal anunciou que passará a permitir aos seus clientes comprar, vender e deter criptomoedas nas suas carteiras digitais e que poderão também utilizá-las para pagamentos. Mas a Paypal esclarece que os mais de 26 milhões de vendedores que usam a plataforma de pagamentos não irão receber moedas virtuais, dado que serão convertidas previamente para uma moeda convencional como o dólar ou o euro. Ou seja, ainda não é desta que o meio de pagamento serão criptoativos.

Com esta decisão, a Paypal pretende fazer parte do ecossistema das moedas digitais, preparando-se para integrar as novas iniciativas que se perfilam no horizonte. É cada vez mais certo que os bancos centrais irão emitir moedas digitais no médio prazo, podendo ou não utilizar soluções que envolvam blockchain. Também as empresas deverão fazer algumas tentativas de emissão de moedas próprias, num processo que pretende diminuir a fricção nos pagamentos, mas também captar uma parte do valor que hoje reverte sobretudo a favor dos bancos e emissores de cartões.

O mercado mostra-se animado com as notícias. O preço das criptomoedas tem sido suportado pela menor aversão global ao risco e, com esta notícia, a bitcoin atingiu níveis que não eram vistos desde julho de 2019, acima de $12 500.

Recomendadas

Wall Street fecha semana no verde com perspetiva de estímulo à economia a sobrepor-se à fraca criação de emprego

Apesar dos fracos números da criação de emprego em novembro, os mercados animaram-se com as declarações de Nancy Pelosi sobre um possível acordo bipartidário para um pacote de estímulos à economia americana, isto depois do líder do Senado ter admitido o mesmo na quinta-feira.

Bolsa de Lisboa fecha em alta numa sessão animada em toda a Europa

Galp dispara mais de 5% com subida do preço do petróleo, após o anúncio de um acordo da OPEP+ em suavizar os aumentos previstos de produção de crude. O BCP fechou em alta de mais de 2% e já está acima dos 12 cêntimos.

Vencedor de concurso da Católica Porto Investment Club alerta que CBDC são “questão de segurança nacional”

Nuno Loureiro, vencedor do concurso Champion Chip 2020, organizado pela Católica Porto Investment Club, alerta que a infraestrutura tecnológica que suporta moedas digitais emitidas por um banco central (CBDC) poderão ser alvo de ataques cibernéticos de outros Estados.
Comentários