PremiumPCP insiste no englobamento obrigatório de todos os rendimentos

A posição é assumida pelo líder parlamentar do PCP, João Oliveira, que ao Jornal Económico garante que a execução do OE2021 é pedra de toque para as negociações do Executivo – que só irão acelerar após as autárquicas – com os comunistas.

O PCP insiste no englobamento obrigatório dos diversos rendimentos em sede de IRS, numa altura em que o Governo estará a excluir a possibilidade do englobamento de rendimentos prediais ou de juros de depósito na preparação para o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). A posição é assumida pelo líder parlamentar do PCP, João Oliveira, que ao Jornal Económico garante que a execução do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) é pedra de toque para as negociações do Executivo – que só irão acelerar após as autárquicas – com os comunistas.

“É preciso que fique claro que sejam todos os rendimentos. Não são só alguns”, afirmou João Oliveira, em declarações ao Jornal Económico, questionado sobre a notícia avançada pelo “Observador” de que o Governo não está a estudar no âmbito do OE2022 o englobamento de rendimentos prediais nem de juros de depósitos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Governador do banco central da Alemanha demite-se por “razões pessoais”

Jens Weidmann, que durante mais de dez anos liderou o Bundesbank anunciou que irá abandonar o seu cargo no final deste ano. O economista alemão era tido como opositor à política expansionista de Mario Draghi no BCE em resposta à crise de dívida soberana.

Custos da indústria dispararam 10% em setembro

Um pouco à semelhança do resto do mundo, a indústria portuguesa tem experienciado fortes aumentos nos custos decorrentes das disrupções nas cadeias de fornecimento e logística e dos preços da energia.

“Squid Game” leva Netflix a ganhar 4,4 milhões de novos subscritores

A plataforma acrescenta que no terceiro trimestre de 2020 tinha adicionado 2,2 milhões de subscritores pagos. No total, a empresa terminou o trimestre de 2021 com um total de 214 milhões de subscritores a pagar pelo serviço.
Comentários