Perfil: Paulo Gonçalves, como o especialista do Porto e do Boavista chegou ao Benfica

Foi um dos responsáveis pela criação da SAD do Porto, primeiro, e, depois, da SAD do Boavista. Ruma à Luz pela mão de José Veiga, depois de gorada a possibilidade de integrar a equipa dirigente da Liga de Clubes.

Paulo Gonçalves, o responsável pelo departamento jurídico do Sport Lisboa e Benfica foi detido esta terça-feira por suspeita de corromper funcionários judiciais para ter acesso acesso a informações sobre os processos judiciais em que o clube está envolvido. Nascido no Porto, considerado um dos mais experientes e reputados especialistas em direito desportivo, Paulo Gonçalves iniciou o seu trabalho no futebol – onde está desde sempre – ao serviço do Futebol Clube do Porto.

Foi um dos responsáveis pela criação da Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, no final da década de 1990 (a SAD foi constituída a 5 de Agosto de 1997), logoa  seguir a terminar o curso de Direito, surgindo no clube aliado a Alexandre Pinto da Costa, empresário e filho do histórico presidente do Porto. Sai incompatibilizado com Adelino Caldeira – administrador da SAD portista – e vai para o Boavista Futebol Clube, onde também ajudou a criar a SAD, onde foi diretor-geral e viveu o único título de campeão nacional dos axadrezados – ganho em 2001.

Ainda no Boavista, foi apontado à Liga de Clubes, mas tudo não passou de uma hipótese. “O diretor-geral do Boavista, Paulo Gonçalves é, neste momento, a pessoa melhor colocada para substituir Emanuel Medeiros, que integrou a associação das ligas europeias, no cargo de secretário-geral da Liga. O atual dirigente axadrezado reúne amplo consenso entre os clubes e é visto como a ‘pessoa indicada’ para o cargo no organismo presidido por Valentim Loureiro”, podia ler-se no jornal “Record”, em janeiro de 2006.

É convidado para integrar a lista de Hermínio Loureiro para a Liga de Clubes, para ocupar o cargo de diretor-executivo, mas a contestação do Porto obriga a que seja deixado de fora.

Deixa então o norte para juntar-se ao Benfica, pela mão de  José Veiga, antigo dirigente benfiquista e que foi sócio de Alexandre Pinto da Costa.

Na Luz, ocupa o lugar que era de Fernando Seara Cardoso, o de assessor jurídico da SAD ‘encarnada’.

Segundo o site “Bancada”, que cita José Guilherme Aguiar, “Paulo Gonçalves foi para o Benfica graças a José Veiga e Alexandre Pinto da Costa, que era sócio do Veiga e chegou a colaborar com o Benfica em negócios. Paulo Gonçalves, que era jurista, tornou-se, ao longo do tempo, um homem da confiança de Luís Filipe Vieira, sobretudo naquilo que diz respeito à regulamentação do futebol. O Benfica tem advogados próprios para as questões judiciais, mas Paulo Gonçalves é o braço direito de Vieira na parte jurídico-regulamentar”.

“Caso dos emails”: PJ deteve diretor jurídico do Benfica e funcionário da Justiça

Relacionadas

“Operação e-Toupeira”: PJ confirma detenções em operação com buscas em cinco regiões

A operação envolveu cerca de 50 elementos da PJ, um juiz de instrução criminal e dois magistrados do Ministério Público. Foram realizadas 30 buscas nas áreas do Porto, Fafe, Guimarães, Santarém e Lisboa, “que levaram à apreensão de relevantes elementos probatórios”, refere a PJ.

“Caso dos emails”: PJ deteve diretor jurídico do Benfica e funcionário da Justiça

O funcionário judicial detido é suspeito de fornecer informações sobre as investigações em que o Sport Lisboa e Benfica está envolvido, nomeadamente o chamado “caso dos emails”.
Recomendadas

“Jogo Económico”. “Se Cristiano Ronaldo quisesse voltar hoje, não teria direito ao programa Regressar”

“Basicamente, se o Cristiano Ronaldo viesse para cá, adquirindo a residência fiscal em 2021, enquanto não for alterada a legislação, já não tem direito ao programa Regressar”, destacou o fiscalista Samuel Fernandes de Almeida no programa da JE TV.

“Just Buy It”. Sporting CP lança ‘blind-sale’ da nova camisola oficial para a próxima época

Na rede social “Twitter”, a página oficial do Sporting CP lançou o desafio aos seus sócios e adeptos para que fossem os primeiros a vestir a nova camisola oficial para a temporada 2021/22, sob o lema “Just Buy It” naquele que parece ser um jogo de palavras com o slogan da Nike: “Just Do It”.

Euro2020: Países Baixos com apuramento garantido podem apanhar Portugal na próxima fase. Conheça os 10 mais valiosos

Com uma convocatória avaliada em 607 milhões de euros, a seleção dos Países Baixos é uma das favoritas à conquista do campeonato europeu. Prova disso foram as três vitórias alcançadas na primeira fase do torneio, que carimbaram a passagem à fase seguinte. Saiba quem são os 10 jogadores mais valiosos segundos os dados do Transfermarkt.
Comentários