Pestana Delfim Hotel vendido por 35 milhões de euros. Grupo Pestana não quis comprar, fica como arrendatário

O Pestana Delfim Beach & Golf Hotel, localizado em Alvor, está equipado com 240 quartos duplos, 59 quartos familiares e 13 suítes. O hotel tem ainda um restaurante, dois bares, cinco salas de reuniões e um salão de eventos.

Considerada a maior operação em investimentos de hotelaria no Algarve registada no quarto trimestre de 2019 e entra diretamente para o top das maiores transações de hotelaria a nível nacional, acaba de ser anunciada a venda o Pestana Delfim Hotel a um fundo de pensões nacional do BPI, com um valor de aproximadamente 35 milhões de euros.

Esta unidade hoteleira era propriedade de um fundo imobiliário gerido por uma sociedade gestora portuguesa.

À margem da apresentação de resultados e de novos investimentos, que decorreu na manhã desta quarta-feira, em Lisboa, José Theotónio, CEO do Pestana Hotel Group, explicou que neste caso o grupo é arrendatário e que, apesar de lhes ter sido concedido o direito de preferência, optaram por continuar na mesma condição. “Decidimos permanecer como arrendatários e na prática pouco muda para nós. Passamos a trabalhar com um findos de pensões, o que nos inspiram muita segurança, o qual pertence a uma instituição bancária que é nossa parceria de há muito e com a qual muito trabalhamos”.

Sobre a operação, a Worx – Real Estate Consultants, que representou o comprador, acrescenta que “demonstra a efervescência do mercado de hotelaria em particular na zona do Algarve. De assinalar também o facto de o comprador ser nacional, contrariando um pouco a tendência que se tem registado ultimamente neste setor”.

 

Relacionadas

Grupo Pestana anuncia investimento de 250 milhões. Vai abrir 10 hotéis em 2020

No próximo ano, o grupo vai abrir quatro hotéis e duas pousadas em Portugal. Lá fora, vai inaugurar três Pestana CR7 e um novo hotel em Marrocos.
Recomendadas

Covid-19: ‘Chef’ Vítor Sobral vai “acender uma velinha a Nossa Senhora de Fátima” para pagar salários

O Grupo Quina emprega cerca de 120 funcionários. Dois restaurantes foram encerrados, outros dois estão a funcionar em regime de ‘take away’, assim como as padarias. Vítor Sobral garante salários neste mês de março, mas não sabe como será no mês de abril.

Novo Banco vende “Rei dos Cogumelos” em plena crise

O Novo Banco, maior credor do grupo Sousacamp, com 49% dos créditos, acordou a venda do maior produtor ibérico de cogumelos ao Core Capital.

Covid-19: Kaeser garante assistência a equipamentos de ar comprimido de hospitais e da indústria

Além de cerca de três mil empresas do setor industrial, em Portugal a Kaeser trabalha com hospitais como o Grupo Trofa Saúde, Hospital Santo António, Hospital de Braga, Hospital de Santa Maria, Hospital de Gaia, Hospitais de Coimbra, Hospitais Lusíadas e Fundação Champalimaud.
Comentários