Plataformas HBO adicionam 2,7 milhões de subscritores no primeiro trimestre

Mundialmente, o serviço conta com 63,9 milhões de assinantes, e as receitas com as subscrições cresceram 35,3% face ao ano anterior.

As plataformas de streaming HBO e HBO Max observaram um acrescento de 2,7 milhões de subscritores pagos no primeiro trimestre, revela a dona AT&T na apresentação de contas relativamente aos primeiros três meses do ano. Segundo a empresa, o aumento foi impulsionado pelos filmes de grande orçamento “Godzilla vs. Kong” e “Liga da Justiça de Zack Snyder”, que estrearam na plataforma.

A empresa mostrou-se preocupada antes da apresentação dos valores do streaming, uma vez que no último trimestre o número de assinantes disparou devido à estreia de “Mulher Maravilha 1984” na plataforma, uma vez que os cinemas mundiais se encontravam encerrados.

No fim de março, a HBO Max e HBO apresentavam 44,2 milhões de subscritores, acima dos 41,5 milhões contabilizados nos Estados Unidos no final de 2020. Mundialmente, o serviço conta com 63,9 milhões de assinantes, e as receitas com as subscrições cresceram 35,3% face ao ano anterior.

“A HBO Max continuou a entregar um forte crescimento de assinantes e receita antes de nossos lançamentos internacionais e video on demand planeados para junho”, disse o CEO da AT&T, John Stankey. O CEO da gigante de telecomunicações norte-americana afirmou ainda que os utilizadores estão a consumir HBO Max por mais de duas horas diárias.

A receita geral da AT&T cresceu 2,7% para 43,9 mil milhões de dólares, impulsionados pelo serviço telefónico. No primeiro trimestre, a WarnerMedia apresentou uma receita de 8,5 mil milhões de euros, um aumento de 9,8% face ao trimestre homólogo, tendo este valor sido impulsionado pelas receitas de assinaturas, publicidade e conteúdo, refletindo uma “recuperação parcial dos impactos da Covid-19 no ano passado”. Só a receita de anúncios cresceu 18,5% para 1,75 mil milhões de dólares.

No segmento do streaming, a AT&T estima atingir entre 120 milhões e 150 milhões de assinantes da HBO e HBO Max até ao final de 2025, combatendo os seus maiores rivais Netflix e Disney+. A empresa espera terminar o presente ano entre os 67 milhões e 70 milhões de assinantes no mundo, aumentando as suas perspetivas anteriores.

De relembrar que no ano passado, durante o evento online Web Summit, o CEO da HBO Max, Andy Forssell, apontou que a plataforma HBO Max chegaria à Europa durante a segunda metade de 2021. “Ainda não falámos publicamente sobre a Europa, mas digo-o aqui. Na segunda metade [de 2021] vão ver-nos a fazer atualizações a alguns serviços já disponíveis pela HBO para a HBO Max”, disse no evento.

“Vai ser um novo produto, vamos duplicar o conteúdo, terá muitas mais capacidades, e até ao fim do ano, ambas as regiões [América Latina e Europa] serão muito ativas e mais à frente será a Índia, mas o plano é atualizarmos nos 190 países em que estamos e a velocidade a que conseguimos fazer isso”, explicou Forssell na Web Summit.

HBO Max chega à Europa na segunda metade de 2021

Ler mais
Recomendadas

Carlos Ribas: “Não fosse esta situação dos componentes e este ano seria o melhor de sempre em vendas da Bosch em Braga”

Bosch fechou 2020 com uma quebra homóloga de 10%, para 1,6 mil milhões de euros, nas vendas em Portugal. Em entrevista ao Jornal Económico o representante do grupo alemão em Portugal, Carlos Ribas, justifica o decréscimo com o impacto da pandemia nas operações, sobretudo na divisão automóvel em Braga.

Grupo de trabalho defende subida de taxa nas barragens da Engie no rio Douro

Três das barragens pagam atualmente 67 mil euros por ano, mas com uma atualização da taxa passariam a pagar 751 mil euros anuais. Parte da receita da taxa de recursos hídricos deve ser usada no “apoio de projetos no território” impactado pelas barragens, defende o documento.

Luís Filipe Vieira vai hoje à Comissão de Inquérito para explicar reestruturação da dívida ao Novo Banco

Fundo que ficou com a maior parte das dívidas e ativos do grupo Promovalor ao Novo Banco não vai conseguir cumprir plano de reembolsos. Como o presidente do Benfica deu o seu aval, poderá ser executado pelo Novo Banco já no próximo ano. Vieira é um dos grandes devedores a ser ouvido nesta segunda-feira pelos deputados.
Comentários