Politécnico do Porto recomenda alunos e professores de Felgueiras e Lousada a ficarem em casa

A decisão surge após a DGS recomendar a suspensão das atividades de lazer e culturais nos dois concelhos. “Não se desloquem para as instalações do P. Porto”, refere a comissão de gestão do surto num comunicado enviado à comunidade a que o Jornal Económico teve acesso.

Felgueiras

O Instituto Politécnico do Porto (P. Porto) recomendou esta segunda-feira toda a comunidade ligada às suas instituições e que resida em Felgueiras ou em Lousada a ficar em casa. A decisão surge depois de a Direção Geral de Saúde (DGS) ter colocado suspenso as atividades dos estabelecimentos de lazer e culturais e de uso público nos dois concelhos devido à propagação do novo coronavírus.

“Recomenda-se a todos os estudantes, docentes, investigadores, técnicos e restantes colaboradores do P. Porto residentes nos concelhos de Felgueiras ou de Lousada que não se desloquem para as instalações do P. Porto”, pode ler-se num comunicado enviado aos alunos,pela comissão de gestão do Covid-19, a que Jornal Económico teve acesso.

A DGS informou ontem que as autoridades iriam proceder ao fecho tanto das escolas públicas e privados como à suspensão de atividade dos estabelecimentos de lazer e culturais e de utilização pública (ginásios, bibliotecas, piscinas, cinemas, teatros…).

“As pessoas dos concelhos de Felgueiras e Lousada devem evitar deslocações desnecessárias e participar em reuniões com elevado número de pessoas, de forma a reduzir o número potencial de pessoas contagiadas”, explica o documento assinado por Maria da Graça Gregório de Freitas.

Recomendadas

“Salvar as empresas e preservar o emprego”. Conheça as prioridades de António Costa Silva para recuperar a economia

O gestor, atualmente presidente da Partex, a quem o Primeiro Ministro pediu o plano de recuperação diz que tem de se evitar que a economia “entre em estado de coma”. António Costa Silva diz que o Estado vai ter de ser interventivo e que o novo modelo económico tem de estar assente no investimento nas infraestruturas (físicas e digitiais) e na reconversão industrial.

Infografia | Nove em cada dez casos novos de Covid-19 foram na região de Lisboa e Vale do Tejo

O mapa mostra, concelho a concelho, a evolução dos casos da doença nas últimas 24 horas em Portugal. O país registou mais 257 novas confirmações de infeção por coronavírus. Segundo a ministra da saúde, a região de Lisboa e Vale do Tejo representou, em média, 85% dos novos casos nos últimos oito dias.

Governo assegura alternativa para moradores sem condições para isolamento

A criação de um plano de realojamento de emergência para as pessoas que vivam em habitações precárias e sobrelotadas foi anunciado pelo Governo na sexta-feira, após o Conselho de Ministros, que aprovou medidas para a terceira fase de desconfinamento no âmbito da covid-19.
Comentários