Porto de Aveiro faz parceria com Efacec para entrar na geração 5G

O protocolo surge na decorrência do desenvolvimento, pela Efacec, de um sistema de controlo de passagem de nível, que foi objeto de uma candidatura aos programas europeus de apoio ao desenvolvimento tecnológico, e deverá estar operacional em março de 2022.

A APA – Administração do Porto de Aveiro e a Efacec Engenharia e Sistemas assinaram esta semana um protocolo com vista à realização de uma instalação-piloto de um sistema de controlo de passagem de nível suportado em comunicações 5G.

“O protocolo surge na decorrência do desenvolvimento, pela Efacec, de um sistema de controlo de passagem de nível, que foi objeto de uma candidatura aos programas europeus de apoio ao desenvolvimento tecnológico, tendo merecido a aprovação no quadro dos programas ‘Horizonte 2020’ e ‘Portugal 2020’, com reconhecimento do seu alto valor estratégico e inerente interesse para o desenvolvimento da indústria nacional”, adianta um comunicado da APA.

De acordo com essa nota, “a concretização do projeto implica a implementação de uma instalação-piloto numa infraestrutura real, passo imprescindível para a verificação e homologação da solução, o que vai agora ser feito no porto de Aveiro, atendendo ao facto da APA ser detentora uma infraestrutura ferroviária, em exploração comercial, que reúne características para realização de ensaio de um sistema-piloto de controlo de passagem de nível”.

“Acresce o facto da Administração do Porto de Aveiro se manifestar empenhada na implementação de soluções que permitam aumentar a segurança da circulação em troços da sua rede rodo-ferroviária e, por conseguinte, interessada em disponibilizar à Efacec tal infraestrutura para a instalação do referido piloto que, de acordo com o cronograma dos trabalhos, deverá estar operacional em março de 2022”, revela o referido comunicado.

Recomendadas

Lucros do Bankinter afundam 50% para 220 milhões

Bankinter justifica recuo nos lucros com a realização de provisões devido à pandemia. Já o Bankinter Portugal viu os resultados antes de impostos recuarem 36% para 33 milhões de euros.

NOS e Vodafone fecham acordo para partilhar infraestruturas da rede móvel em todo o país

As duas operadoras de telecomunicações fecharam um conjunto de acordos de partilha de ativos e desenvolvimento de redes móveis, a nível nacional. Os acordos incidem sobre atuais e futuros ativos para as redes móveis 2G, 3G e 4G. Quanto ao 5G, a partilha estará dependente de novo acordo.

Conselho Geral do Novo Banco aprova hoje redução da administração executiva e continuidade de Ramalho

É hoje que é decidida a renovação do mandato para António Ramalho que se mantém presidente executivo do Novo Banco no próximo mandato de 2021-2024. O Conselho Geral de Supervisão vai reduzir o Conselho de Administração Executivo para seis membros e aprovar o novo plano de negócios.
Comentários