Portugal entre os países com maior potencial de investimento tecnológico

Apesar de os países europeus continuarem atrás de outros como Israel ou os Estados Unidos, o European Tech Report indica que o setor tecnológico está a entrar em indústrias tradicionais na Europa. Portugal está entre os países maior potencial em termos de capital investido per capita.

A atividade tecnológica na Europa está a viver o melhor momento de sempre, tendo alcançado este ano um recorde de investimentos feitos por empresas tecnológicas europeias no valor de 19,1 mil milhões de dólares. Segundo dados do European Tech Report, desenvolvido pela empresa de investimento em inovação Atomico, até mesmo países mais pequenos como Portugal estão a ganhar relevo.

“O estado da tecnologia europeia em 2017 está mais robusto que nunca. A Europa está a construir um ecossistema tecnológico à sua própria imagem, definido por profunda especialização, incrível diversificação geográfia e uma abordagem única de colaboração com as indústrias tradicionais”, explicou Tom Wehmeier, partner e head of research da Atomico.

Um dos indicadores que aponta para a emergência da Europa no setor é, segundo o relatório, o ritmo de crescimento do trabalho na área em 2017 face ao ano anterior, que aumentou em vários países europeus.

Portugal aparece na décima posição, com o número de trabalhadores a aumentar a um ritmo de 2,7%, ligeiramente acima da média Europeia, que se situa nos 2,6% este ano, face aos 2,1% em 2016. O pódio da lista é ocupado por Irlanda (5,5%), Holanda (4,6%) e Alemanha (4,2%).

Apesar das diferenças entre países, todos se mostraram mais otimistas em relação ao futuro do setor tecnológico que no ano passado, sendo que a Europa tornou-se a maior fonte mundial de desenvolvimento e pesquisa em Inteligência Artificial.

No entanto, ao nível do investimento, os países europeus continuam a ficar atrás de outros como Israel, onde são investidos 304 dólares por habitante, ou os Estados Unidos, onde o investimento per capita chega a 246 dólares. “Continuamos a ver ecossistemas mais pequenos a desenvolverem-se por toda a Europa, mas há certamente um longo caminho a percorrer, o que se apresenta como uma grande oportunidade por explorar”, afirmou Carolina Brochado, da Atomico.

O investimento em tecnologia per capita em Portugal é este ano de quatro dólares e em Itália de três dólares. No entanto, a análise aponta para estes países como entre os que têm maior potencial de crescimento.

“Enquanto países como Espanha estão a pegar fogo com múltiplas novas startups, boas saídas e equipas ambiciosas, os vizinhos de Portugal ainda estão atrás na curva e Itália, apesar do seu PIB de 1,85 biliões de dólares, ainda não teve capacidade de gerar um ecossistema de venture comensurável com o seu potencial”, acrescentou.

Ler mais
Recomendadas

PremiumA guerra do Tik Tok

O Tik Tok, que Bill Gates resiste em comprar, é o mais recente problema entre as duas potências. Inscreve-se na lógica da campanha para a reeleição de Donald Trump, mas é mais que isso: revela a falência do Ocidente na corrida tecnológica com a China.

NOS lidera lista de gastos em Investigação e Desenvolvimento em Portugal

As empresas incluídas na lista dos 100 maiores investidores em investigação e desenvolvimento em Portugal contabilizam quase metade da despesa nesta rubrica e um terço dos recursos humanos a esta afetos.

Microsoft lança Surface Duo a 10 de Setembro

A tecnológica anuncia o Surface Duo, que será lançado a 10 de Setembro, podendo o mesmo ser já reservado… se viver nos EUA.
Comentários