Portugal regista mais 552 casos e 13 mortes por Covid-19

O país regista, desde o início da pandemia, 68.577 casos confirmados da doença causada pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde.

Lisboa, Portugal | Pedro Fiúza/NurPhoto/Getty Images

Portugal regista, desde o início da pandemia, 68.577 casos confirmados de Covid-19, tendo-se registado mais 552 pessoas infetadas nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS), divulgado esta domingo. Já o número de vítimas mortais do novo coronavírus no país aumentou para 1.912, o que corresponde a mais 13 mortes do que ontem, de acordo com a informação oficial da autoridade nacional de saúde.

O relatório contabiliza, neste momento, 45.596 pessoas recuperadas desta doença, mais 192 do que no dia anterior.  Dos 511 doentes internados (mais 14), 63 (menos um) encontram-se em unidades de cuidados intensivos (UCI). Há ainda a registar 39.362 contactos em vigilância (menos 26) e 21.069 casos ativos de contágio, o que representa uma subida diária de 347.

A vírus continua a contagiar mais mulheres, uma vez que a DGS assinala um total de 37.592 casos confirmados em doentes do sexo feminino, contra 30.985 do sexo masculino. Em relação aos óbitos, contabilizam-se mais vítimas homens: 963, contra 949 que são mulheres. Mais de mil das vítimas mortais (1.275) têm idades superiores a 80 anos.

Hoje, a região Norte registou o maior número de casos diários (871), bem como três mortos, mas a região de Lisboa e Vale do Tejo foi aquela que apresentou o maior número de óbitos (dez). As regiões autónomas reportaram mais três casos da doença, dois nos Açores e um na Madeira.

 Notícia atualizada às 14h17

Recomendadas

Venezuela testou com sucesso molécula que anula o novo coronavírus

O Presidente da Venezuela explicou ainda que se trata da molécula DR10, que foi totalmente isolada e “não tem nenhum tipo de toxicidade que afete moléculas saudáveis” ou cause efeitos colaterais.

Estado australiano foco da pandemia levanta confinamento a partir de terça-feira

O confinamento foi decretado em julho, quando o número de novos casos era de cerca de 190 por dia, número que subiu para 700 em agosto.

OE2021: Rio diz que nem com alterações na especialidade orçamento fica em condições

Assim, de acordo com Rio, o PSD vai votar contra na generalidade “na convicção de que, por mais alterações que se possam fazer na especialidade”, o documento “não vai ficar em condições de fazer aquilo” que os sociais-democratas consideram que “deve ser feito”.
Comentários