Portugal vai ganhar 700 megawatts de nova potência solar em 2021

O país deverá fechar o próximo ano com um total de 1,5 gigawatts de potência solar fotovoltaica, prevê o Governo no OE 2021.

Portugal vai ganhar 700 megawatts (MW) de nova potência solar em 2021. Com esta nova capacidade, o país chega ao final do próximo ano com um total de 1,5 gigawatts de energia solar fotovoltaica.

“Entrada em funcionamento mais de 700 MW de nova capacidade de energia solar fotovoltaica, fruto de licenças atribuídas desde 2016, com o objetivo de atingir um total de 1,5 GW de energia solar fotovoltaica em funcionamento no Sistema Elétrico Nacional (SEN) até final de 2021”, pode-se ler na proposta do Orçamento do Estado para 2021, entregue ontem pelo Governo no Parlamento.

Ao mesmo tempo, o Governo disse que quer “prosseguir com o modelo de leilões de energias renováveis com vista ao cumprimento dos objetivos fixados no PNEC 2030 e na Estratégia Nacional para o Hidrogénio, garantindo transparência e competitividade”. Recorde-se que já tiveram lugar dois leilões para atribuição de pontos de ligação à rede para centrais solares, que atribuíram um total de dois gigawatts de potência.

No próximo ano, o executivo também prevê lançar um concurso público para adjudicar 10 megawatts de solar fotovoltaico em regime de autoconsumo, ou comunidade de energia, “para edifícios da Administração Pública Central assegurando o início do(s) projeto(s) até final de 2021, em linha com os objetivos do ECO.AP”.

Para 2021, o Governo  sublinha que quer “fomentar sistemas híbridos, que otimizam investimentos já realizados na rede e que, através da combinação de diferentes fontes de energia renovável complementares, como por exemplo solar e eólica ou solar e hídrica, constituem uma forma particularmente eficiente de aumentar a capacidade renovável instalada”.

Sobre o hidrogénio, o executivo destaca que quer “prosseguir com o desenvolvimento de um ecossistema que promova um mercado nacional de hidrogénio, incluindo a legislação e regulamentação, segurança, standards, inovação e desenvolvimento, com o objetivo de tornar o hidrogénio numa das soluções para a descarbonização da economia, associado a uma forte componente de crescimento económico e criação de emprego”.

Ler mais
Recomendadas

EDP conclui venda à Total de duas centrais a gás e carteira comercial em Espanha

A EDP concluiu esta terça-feira a venda de um portefólio de ativos térmicos e clientes de comercialização de energia em Espanha à Total por um enterprise value de 480 milhões de euros.
Debenhams

Mais de dois séculos depois, retalhista britânica Debenhams fecha atividade

A cadeia retalhista britânica Debenhams vai encerrar todas as lojas no Reino Unido depois de 242 anos de atividade porque não se encontrou um comprador, pondo em risco 12 mil postos de trabalho.

Visitas ao site do JE disparam em novembro, com subida de 33% para 5,8 milhões

O número de utilizadores do site do Jornal Económico aumentou 30% em novembro, face a outubro, para um total de 2,7 milhões. Acessos móveis representaram 79% do total. Plataforma multimédia JE TV tem cada vez mais telespectadores. Obrigado pela sua preferência!
Comentários