Portugal Ventures lança chamada para startups e PME ligadas aos Açores

A entidade que pertence ao Banco Português de Fomento tem uma nova ‘call’ para projetos nas fases pré-seed e seed, com atividade localizada nesta região autónoma.

A sociedade de capital de risco Portugal Ventures (PV), que pertence ao Banco Português de Fomento, anunciou esta quarta-feira o lançamento da primeira edição da “Call Açores”, em parceria com o governo regional açoriano. O objetivo é promover o acesso ao financiamento a projetos inovadores com ligação ao arquipélago e que demonstrem capacidade de potenciar o seu crescimento.

“Esta iniciativa pretende promover o espírito empresarial, incentivando a criação de startups nacionais ou regionais, em sectores considerados de interesse para o desenvolvimento do empreendedorismo nos Açores, com potencial para se tornarem globais e que contribuam para posicionamento de Portugal como um centro tecnologicamente avançado, mundialmente competitivo e atrativo para investidores internacionais”, explicam os promotores da call.

A ideia é também dar ímpeto à criação de empresas e reforçar a capacitação empresarial das pequenas e médias empresas (PME), com atividade na Região Autónoma dos Açores. “A Portugal Ventures está muito empenhada em impulsionar o desenvolvimento da Região Autónoma dos Açores, contribuindo para a capitalização de empresas cuja ligação seja de interesse estratégico para a região e apostando num ecossistema de elevado potencial inovador, com capacidade para se tornar competitivo a escala global”, garante o vice-presidente da PV, Rui Ferreira.

A Call Açores irá investir em:

  • Empresas constituídas ou a constituir, com atividade localizada nos Açores;
  • Projetos/empresas inovadoras nas fases de pré-seed e seed;
  • Projetos inovadores: que promovam, direta e/ou indiretamente, o aumento da capacidade de exportação na Região Autónoma dos Açores, que projetem a imagem positiva dos Açores no exterior enquanto destino de natureza e de sustentabilidade ambiental ou considerados estratégicos para a região nos sectores do turismo, ciências da vida, tecnológico/aeroespacial, agroalimentar, energia entre outros.

“Este lançamento visa complementar o leque dos programas de apoio ao investimento já existentes na região com a disponibilização de uma plataforma que visa apoiar os projetos inovadores na sua fase inicial, através da tomada de participações no seu capital social e acompanhamento das suas equipas de gestão por parte de uma entidade especializada – a Portugal Ventures – que detém uma experiência comprovada nesta área”, diz Ana Margarida Reis, diretora regional de Apoio ao Investimento e à Competitividade.

Recomendadas

PremiumBiotecnológica liderada por médico português chega a Wall Street

“Há uma grande apetência do mercado e interesse dos investidores por quem trabalhe algo tão relevante como a saúde mental”, garante Tiago Reis Marques, CEO e cofundador da Pasithea Therapeutics.

Startup Kitch expande para mais três cidades espanholas

Restaurantes de Madrid, Barcelona, Valência e Málaga são agora os espaços com os quais a empresa trabalha no país vizinho. “O mercado espanhol é incrivelmente interessante, e a procura de serviços de entrega continua a crescer”, garante o CEO.

Universidade da Madeira conquista segundo lugar em concurso nacional de empreendedorismo

O Palmito do Atlântico é um projeto voltado para a sustentabilidade e para a economia circular, alinhado com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU.
Comentários