Portuguesas Rnters e Secret City Trails entram no programa de startups da Techstars e Semapa

O “Airbnb para artigos do dia-a-dia” e a empresa que criou jogos para desenvolver o turismo conquistaram dois dos dez lugares na turma do Techstars Lisbon Accelerator. Ainda assim, foram as norte-americanas que se destacaram nesta segunda edição, com quatro selecionadas.

As startups portuguesas Rnters e Secret City Trails foram duas das escolhidas para integrar a “segunda turma” de jovens empresas que serão apoiadas pela norte-americana Techstars e pela Semapa no âmbito do programa “Techstars Lisbon Accelerator”.

A aceleradora do Colorado informou esta segunda-feira que recebeu “centenas” de inscrições de todo o mundo, mas também assistiu a um “aumento significativo” de candidaturas de empresas localizadas nos principais centros de tecnologia de Portugal, nomeadamente Lisboa, Porto, Coimbra, Braga e Aveiro.

Apesar de as startups portuguesas marcarem presença no leque de participantes, quase metade das 10 selecionadas são micronegócios com sede nos Estados Unidos da América. Ainda assim, a EmotAI tem ADN português, porque, mesmo não tendo sede em Portugal, foi fundada por empreendedores portugueses.

Eis a dezena de empresas que foi escolhida: Apres (Estados Unidos), EmotAI (Hong Kong), Labby (Estados Unidos), Left (Estados Unidos), ParaSpace (Austrália), Qsee (Israel), Rnters (Portugal), Secret City Trails (Portugal), TicTacTrip (França) e VueBox (Estados Unidos).

“Este ano, o nosso programa concentrar-se-á em empresas que estão a resolver problemas em tecnologia industrial, transporte, viagens, sustentabilidade e empresas que têm soluções que podem ser adotadas em todos os setores”, explica a rede internacional de empreendedores, em comunicado.

Cofundada por Guilherme Guerra, a Rnters apelida-se de “Airbnb para artigos do dia-a-dia” por ter criado uma plataforma online de aluguer de artigos entre particulares (“peer-to-peer”) que permite aos utilizadores acederem a qualquer produto de que precisem temporariamente ou rentabilizarem itens que não utilizam.

Já Secret City Trails, que foi criada pela holandesa Wendy van Leeuwen e pela eslovaca Kristina Palovicova mas tem sede em Lisboa, desenvolve jogos temáticos para os turistas (re)descobrirem cidades europeias.

Notícia atualizada às 18h40 com informação sobre a EmotAI

Ler mais
Relacionadas

Semapa Next lança 2ª edição do programa Techstars Lisbon Accelerator

As startups interessadas em participar poderão apresentar a sua candidatura até ao próximo mês de Outubro. Após a fase de selecção, as 10 startups selecionadas vão participar num programa intensivo, com a duração de 3 meses, que irá decorrer em Lisboa, com início em Março de 2020 e que terminará com um Demo Day.

Semapa Next: “Há alguma lacuna de dinheiro para startups nas rondas de milhões”

Com passaporte de Singapura a São Francisco, as 10 empresas escolhidas para integrar o programa de aceleração da Techstars e da Semapa pisaram o palco da Fundação Champalimaud para conquistar mais investidores. “Ao trazer uma aceleradora internacional e startups de todo o mundo melhorámos muito o ecossistema em Portugal”, diz Ricardo Pires, CEO do braço de capital de risco da Semapa.
Recomendadas

Brexit: Apoios de contingência às empresas foram pouco utilizados

Os apoios às empresas previstos no plano de contingência do Governo português para o ‘Brexit’ foram pouco utilizados, mas o executivo vai voltar a alertar para a necessidade de preparação.

Sonae Capital compra seis centrais de cogeração em Espanha

A Sonae Capital adquiriu à Ignis Capital seis centrais de cogeração localizadas em Espanha, nas regiões da Catalunha, Aragon e Castilla y Leon. Pagou 75 milhões de euros.A operação tem um valor de 75 milhões de euros,

Fitch mantém rating da dívida sénior de longo prazo da CGD

A Fitch manteve o ‘rating’ da dívida sénior de longo prazo da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e reduziu a perspetiva de estável para negativa devido ao impacto da pandemia covid-19, segundo comunicado do banco ao mercado.
Comentários