Portugueses, espanhóis e italianos juntam-se para impulsionar investimento em startups

O “Southern European Stars 2020”, uma sessão de pitchs online, está a receber candidaturas de empreendedores até esta quarta-feira, dia 13 de maio.

O venture builder studio Bright Pixel e as sociedades de capital de risco Samaipata e Kibo Ventures juntaram mais de 20 investidores do sul da Europa para uma sessão de pitchs online aberta a qualquer startup. As portuguesas Armilar Venture Partners, BiG Start Ventures, Bynd Venture Capital, Faber Ventures, Indico Capital Partners, Sonae IM, Startup Lisboa e Shilling Capital Partners integrarão o painel de investidores.

O “Southern European Stars 2020” está a receber candidaturas de empreendedores até esta quarta-feira, dia 13 de maio. Depois, as 15 startups escolhidas terão de preparar o seu discurso de apresentação para o evento agendado para a próxima semana, dia 20 de maio.

David Alonso, analista da Samaipata, explica que “este evento não serve para dar crédito a investidores específicos, mas para envolver todos os VCs num mesmo projeto e ajudar os principais atores do ecossistema, os fundadores”. “O dinheiro ainda está a fluir”, garante.

As melhores nas categorias de B2B, B2C e healthcare receberão até 10 mil euros por mês durante um ano inteiro em serviços cloud gratuitos, além de suporte técnico da IBM Cloud e AWS Activate, que colaboram com a iniciativa; crédito de publicidade numa das principais plataformas da área, com suporte de alguns especialistas em SEO/SEM; espaço de escritório gratuito durante três meses em Lisboa.

“Acreditamos que o ecossistema de empreendedorismo tem potencial para sobreviver a esta crise, pois faz parte da sua natureza crescer em tempos adversos. Existem inúmeros projetos que estão numa fase ideal para prosperar e queremos ajudá-los a dar esse passo”, refere Marcos Azeredo, membro da equipa de investimento da Bright Pixel.

A ideia é partilhada por Rodrigo Viada Campos, gestor de investimentos da Kibo Ventures. “Estamos a tentar aliviar parte da incerteza e pressão ao fazer o que fazemos de melhor: digitalizar algo. Desta vez, são eventos”.

O Southern European Stars 2020 conta também com a participação dos investidores United Ventures, JME Ventures, Milano Investment Partners, Adara Ventures, 360 Capital, P101, Indaco Venture Partners, Primomiglio SGR, Inveready, LVenture Group, Caixa Capital Risc e Demium Startups.

Ler mais
Recomendadas

Prio vai dar 10 mil euros a startups com soluções na área da sustentabilidade e transição energética

As três startups vencedoras ganham a oportunidade de fazer um projeto piloto com a Prio no valor mínimo de 10 mil, em que terão a possibilidade de testar as suas soluções dentro da empresa, com o apoio de uma equipa de acompanhamento para o projeto-piloto, que pode durar até 12 meses.

Grupo José de Mello promove encontro com 37 startups europeias

Houve 125 ‘startups’ candidatas a esta iniciativa, provenientres das áreas da mobilidade, saúde e envelhecimento.

Programa de capacitação de startups do turismo começa hoje 

O ‘Linking Up’ arranca esta terça-feira e é promovido pelo ISEG, Turismo de Portugal e consultoras Territórios Criativos e IDC.
Comentários