Preços das casas subiram 14,7% no Porto no último trimestre de 2020

Este valor representa quase o dobro da média nacional (7,8%). No período em análise o valor do m2 na Área Metropolitana do Porto fixou-se nos 1.288 euros, abaixo dos 1.638 euros\m2 da Área Metropolitana de Lisboa.

A Área Metropolitana do Porto (AMP) registou um aumento homólogo de 14,7% nos preços das casas no último trimestre de 2020, de acordo com os dados das Estatísticas de Preços da Habitação ao nível local divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) esta quarta-feira, 5 de maio.

Por sua vez, o Algarve com 1.809 euros/m2) e a Área Metropolitana de Lisboa com 1.638 euros/m2 foram as duas regiões que apresentaram maiores subidas homólogas de 10,1% e 9,6%, respetivamente. No período em análise, o preço médio nacional fixou-se nos 1.188 euros/m2, valor que representa um crescimento face ao terceiro trimestre de 1,7%) e de 7,8% em relação ao quartro trimestre de 2019.

Também a Região Autónoma da Madeira (1.264 euros/m2) registou um preço médio superior ao do país, verificando um crescimento homólogo de 3,7%. Em sentido inverso, o Alentejo registou o preço médio de vendas de habitação mais baixo, com 433 euros\m2.

No quarto trimestre de 2020, as cidades de Lisboa, Porto, Funchal, Amadora, Coimbra e Vila Nova de Gaia, viram os preços de venda de alojamentos ficarem acima do valor do país. Braga (1.032 euros/m2) foi a única cidade com mais de 100 mil habitantes que registou um preço inferior ao valor nacional, tal como em trimestres anteriores.

A cidade de Lisboa registou a maior diferença entre os preços de alojamentos novos (4.555 euros/m2) e de alojamentos existentes (3.261 euros/m2). Tal como em trimestres anteriores, a capital apresentou os preços mais elevados, entre as sete cidades com mais de 100 mil habitantes, em todas as classes de tipologia do alojamento consideradas.

A maior diferença entre os valores médios nas quatro classes de tipologia do alojamento registou-se no Porto, entre as tipologias T0 ou T1 (2.500 euros/m2) e T4 ou superior (1.820 euros/m2). Em sentido contrário, a cidade da Amadora registou a menor diferença de preços entre as quatro classes de tipologia do alojamento (233 euros/m2), com a tipologia T4 ou superior a ter o menor valor médio (1.516 euros/m2) enquanto as tipologias T0 ou T1 apresentaram o mais elevado preço da habitação (1.749 euros/m2) na cidade.

Recomendadas

Plataforma de ‘crowdfunding’ imobiliário já angariou 800 mil euros em três projetos

Desde que teve autorização da CMVM para operar em abril de 2019, a plataforma “Querido Investi numa Casa” realizou a maior operação de crowdfunding imobiliário executada em Portugal, o ‘Common Prodigy I’ no valor de 550 mil euros.

Preço médio do arrendamento em Lisboa é de 1.235 euros mensais

Já na cidade do Porto, o valor médio de uma habitação é de quase menos 300 euros em comparação com Lisboa, mas é em Cascais que o preço médio do arrendamento é o mais elevado do país, com 1.511 euros por mês.

Fundo Corum XL atingiu o registo de mil milhões de euros de capitalização

A gestora de ativos imobiliários francesa alcançou a marca no passado mês de maio, contando neste momento com mais de 24 mil investidores.
Comentários