Prémios EEPA: Estes são os projetos que vão representar Portugal na final europeia

“Portugal Bike Value” e “HOSPES by AHP” foram os dois vencedores nacionais dos European Enterprise Promotion Awards 2020, uma iniciativa da Comissão Europeia que é coordenada pelo IAPMEI.

Os projetos “Portugal Bike Value”, ligado à indústria das bicicletas, e a plataforma digital “HOSPES by AHP” vão representar Portugal na final europeia dos European Enterprise Promotion Awards 2020 (EEPA 2020), informou esta segunda-feira o IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação.

A sessão nacional para o anúncio dos premiados dos EEPA decorreu hoje em formato digital e a Comissão Europeia escolheu as soluções da Associação Nacional das Indústrias de Duas Rodas, Ferragens, Mobiliário e Afins (ABIMOTA) e da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP)/Turismo de Portugal para voarem até Berlim no próximo mês de novembro.

Para o IAPMEI, que coordena estes galardões em Portugal e recebeu este ano 51 candidaturas, estes são exemplos de “boas práticas de promoção empresarial, em várias áreas, em função da especificidade do seu contributo para o desenvolvimento económico e o emprego das regiões”.

O “Portugal Bike Value” da ABIMOTA, finalista distinguido na categoria de “Apoio à Internacionalização das empresas”, é um projeto que tem como objetivo apresentar o potencial do território nacional para localização da indústria de bicicletas, estabelecendo-se como um player na cadeia de abastecimento europeia.

Já a “HOSPES by AHP” foi distinguida na categoria de “Empreendedorismo responsável e inclusivo” por permitir otimizar todos os projetos presentes e futuros do HOSPES (Programa Corporativo de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental da AHP), assentando em quatro pilares de intervenção: doação de bens; sustentabilidade ambiental; emprego inclusivo; e voluntariado corporativo.

Os EEPA têm o intuito de identificar e reconhecer atividades de sucesso que apoiem e estimulem a iniciativa empresarial, dando particular ênfase ao papel do setor público a nível local, regional e nacional, na criação de condições favoráveis à promoção do empreendedorismo e ao desenvolvimento empresarial. Lançados pela Comissão Europeia em 2005, estes prémios são hoje dinamizados em 32 países, sendo que Portugal contribuiu com mais de 25% do total das candidaturas.

Ler mais
Recomendadas

Da Sword Health à ComparaJá. As 25 maiores scale-ups portuguesas de 2020

O top deste ano arrecadou, em conjunto, um total de 117.818.347 euros em financiamento. O mais recente relatório “Scaleup Portugal”, elaborado pela BGI e EIT Digital, aponta uma “lacuna entre as corporate e o ecossistema de startups”.

HiJiffy fecha ronda de 1 milhão de euros com a Portugal Ventures

A startup portuguesa que se dedica a digitalizar as operações dos hotéis, instalando assistentes e concierges virtuais, pretende consolidar a presença em França, Espanha ou Reino Unido. “São mercados que recebem muitos turistas de muitos países diferentes e onde, por isso, pode existir uma dificuldade grande: a língua e a personalização com o cliente. O chatbot torna-se muito relevante”, refere o CEO ao Jornal Económico.

Startups da Demium poderão aceder a novo fundo de 30 milhões de euros

A incubadora espanhola está presente em Portugal há mais de um ano. Os empreendedores têm a hipótese de receberem 100 mil euros através de um novo fundo de investimento da sua subsidiária, Think Bigger Capital.
Comentários