Primeira edição do TheNetwork quer ser uma referência para setor empreendedor e industrial português

A apresentação deste projeto decorre hoje, na sede da Uniplaces, em Lisboa.

O TheNetwork é o novo projeto português que pretende assumir-se como uma referência de conetividade e networking, para as áreas do empreendedorismo, investimento e indústria.

A cerimónia de hoje contará com a presença de vários dos oradores nacionais e internacionais confirmados nos painéis de discussão como Vitor Crespo, CEO da Criamtech; Miguel Rangel Henriques, da Business Angel; Celso Guedes de Carvalho, da Portugal Ventures, entre muitos outros.

A 1ª edição do TheNetwork realizar-se-á nos dias 26 e 27 de setembro, na Olive Creative Factory em São João da Madeira. Durante dois dias a cidade será palco de um espaço de discussão aberto com líderes económicos, investidores e oradores nacionais e internacionais que marcarão presença em temas relevantes para os vários vetores, abordando a transformação digital, a inovação nos processos industriais, as novas tendências do empreendedorismo, o posicionamento do empreendedorismo nacional no exterior, entre outros.

 

Recomendadas

CEO da Unbabel debate inteligência artificial em cimeira nos Estados Unidos

O Global Summit decorre entre 19 e 21 de agosto, em São Francisco, e contará também com a presença de uma comitiva portuguesa coordenada pela Beta-i, que inclui as empresas parceiras da SingularityU Portugal, Galp, Semapa e Ageas.

Já se pode candidatar a bolsas de 6.000 euros para cursos tecnológicos

A escola tecnológica Ironhack e a empresa de recrutamento Landing.jobs uniram-se para oferecer a cinquenta estudantes a possibilidade de frequentar um de dois cursos – Web Development (Programador de Sistemas) ou UX/UI Design (Design de Interface de Utilizador).

Alfândega do Porto acolhe 130 tecnologias de inovação colaborativa e nacional

A Alfândega do Porto vai receber esta quinta-feira o TECH@PORTUGAL, uma iniciativa que visa demonstrar 130 tecnologias de “inovação colaborativa entre as empresas e entidades do sistema científico”, afirmou fonte da Agência Nacional de Inovação.
Comentários