PremiumPrimeiro-ministro de Cabo Verde: “Ajuda externa tem de evitar o colapso de países vulneráveis”

Primeiro-ministro cabo-verdiano diz que o Governo está a prolongar as medidas de proteção do emprego, das empresas e dos rendimentos.

Em 1974, os relatórios do Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional diziam que Cabo Verde, enquanto país, era impossível. Cabo Verde acaba de cumprir 45 anos como país independente. Quer comentar essa constatação?
Não sou defensor da tese de países impossíveis ou inviáveis. Os países não são o resultado das suas condições e recursos naturais, em abundância ou escassos, mas sim dos seus recursos humanos. Cabo Verde é a prova. É o Homem que cria as condições institucionais, económicas, tecnológicas, infraestruturais e sociais para o desenvolvimento dos países.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Cabo Verde Airlines em risco de desaparecer

O vice-primeiro-ministro cabo-verdiano, Olavo Correia, afirmou que, sem a intervenção do Estado, a Cabo Verde Airlines (CVA) “desaparecerá”.

Ativistas angolanas denunciam tentativa de fraude com crianças e pedido de donativos a Portugal

Em causa está uma angariação de donativos para cerca de 200 crianças abandonadas e com problemas de saúde, que se encontrariam num barracão nos arredores de Luanda e cuja localização exata os supostos benfeitores recusaram fornecer à estação televisiva “SIC”, que emitiu uma reportagem sobre o assunto.

Orçamento retificativo de Cabo Verde foi aprovado com redução de 13%

A proposta, apresentada pelo deputado do MpD e presidente do Conselho de Administração da Assembleia Nacional, Austelino Correia, prevê receitas de 871 milhões de escudos (7,9 milhões de euros), menos 13% do orçamento inicial, que era de 995 milhões de escudos (9 milhões de euros)
Comentários