Procura por montes, terrenos, quintas e casas rurais dispara depois do confinamento

Montes e casas rurais registaram um aumento na procura de 60% e 50%, respetivamente.

A procura por montes, terrenos, quintas e casas rurais registou um aumento significativo durante o período pós confinamento, ou, entre o mês de janeiro e o mês de setembro de 2020.

As conclusões surgem num estudo conduzido pela plataforma online OLX, divulgado esta quinta-feira, que informa que o interesse por solos montanhosos revelou ser o de maior crescimento, cerca de 60%, tendo sido verificado um maior aumento em Lisboa (102%), Portalegre (95%) e Setúbal (94%). Do sentido da oferta, nomeadamente em termos de anúncios ativos, também se regista um crescimento de 10% entre abril e maio.

Os terrenos surgem a seguir, com um aumento na procura de 37% sendo que os distritos de Santarém, Setúbal e Viana do Castelo registaram o maior interesse, com subidas de 94%, 59% e 56%, respetivamente. Enquanto que o número de interessados sobe, o número de anúncios desce 27% em maio.

Quanto às quintas, o OLX aponta uma valorização na procura de 39%. As regiões do país que maior procura tiveram neste tipo de imóveis foram Beja, que cresce 121%, Lisboa, que sobe 98% e Viana do Castelo que aumenta 90%. O aumento da oferta foi mais tímida nesta subcategoria ao registar-se uma subida de 7% em anúncios ativos e 6% em novos anúncios de abril para maio.

Já as casas rurais acompanharam a tendência de crescimento, tendo aumentado mais de 50%. Os distritos em destaque depois do confinamento foram Viseu (178%), Coimbra (156%) e Aveiro (139%). Por sua vez, os anúncios online (ativos e novos) cresceram 9%.

Recomendadas

Das telecomunicações aos créditos: Saiba como pode poupar dinheiro

Nos dias que corre é fundamental atacar todas as fontes de desperdício. Usar o seu dinheiro com critério e ponderação. Aproveite para cortar as suas despesas, passo fundamental para aumentar as suas poupanças e a sua segurança financeira.

O que fazer às minhas poupanças em tempo de crise

O pânico afetou os mercados com quedas generalizadas nas várias classes de ativos. É possível que as suas poupanças tenham também sofrido uma grande desvalorização. Neste contexto é natural que se pergunte o que fazer às suas poupanças. Neste artigo vamos deixar-lhe alguns pontos para a sua reflexão.

“Perca a vergonha de negociar”. Como poupar dinheiro com os seus seguros

Os seguros são um produto maldito para muitas famílias já que existe uma enorme desconfiança nesta relação contratual. Ter uma carteira de seguros adequada às suas necessidades, é meio caminho para ter uma vida financeira com maior segurança. Siga as dicas de João Raposo, fundador e administrador do Grupo Reorganiza na semana em que se comemora o Dia Mundial da Poupança.
Comentários