Máximo histórico. Produção da Autoeuropa disparou mais de 200% desde a chegada do T-Roc

A maior fábrica automóvel portuguesa voltou a bater um recorde de produção em 2019. A unidade da Volkswagen em Palmela volta a atingir um máximo pelo segundo ano consecutivo, produzindo em média mais de 700 unidades por dia.

A Autoeuropa fechou o ano de 2019 com um novo recorde de produção. A maior fábrica automóvel em Portugal produziu um total de 256.878 unidades, segundo os dados divulgados pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP) na terça-feira.

Este registo representa um aumento de 16,3% face a 2018, ano em que foi atingido outro recorde ao serem produzidos 223 mil unidades na fábrica portuguesa da Volkswagen, mais 106% face a 2017.

Entre o final de 2016 e o final de 2019, a produção da maior fábrica nacional disparou mais de 200%. O culpado para a subida dos números é o SUV T-Roc, que começou a ser produzido no verão de 2017 na fábrica de Palmela, distrito de Setúbal.

Portugal voltou a atingir um novo máximo de produção de automóveis em 2019, batendo o anterior recorde atingido em 2018. No ano passado foram produzidos 346 mil automóveis “made in Portugal”, mais 17,4% face a 2018, segundo os dados da ACAP.

A fábrica da marca alemã – onde são produzidos também o Volkswagen Sharan e a Seat Alhambra – pesou um total de 74,3% na produção nacional no ano passado, seguindo-se a PSA com 22,4%, e a Mitsubishi Fuso Truck Europe, no Tramagal, distrito de Santarém, a pesar 2,5% com 8.795 unidades (mais 6,8% face a 2018).

Além do recorde atingido pela Autoeuropa, a fábrica do grupo PSA em Mangualde também atingiu um máximo nos seus 55 anos de história. A unidade do distrito de Viseu produziu mais 23% no ano passado face a 2018, num total de 77.607 viaturas das marcas Peugeot, Citroen e Opel.

Por marcas, a Volkswagen pesou 69% na produção em Portugal em 2019 (subida de 16% para 233 mil unidades), na sua maioria T-Rocs. Segue-se a Citröen com um peso de 11,2%, a Peugeot com 9,5%, a Seat com 6,8%, a Fuso com 2,3% e a Toyota (Caetano Bus) com 0,7%.

A maioria dos automóveis exportados pela Autoeuropa destina-se ao mercado da União Europeia (93%), num ranking liderado pela Alemanha (28% das exportações totais), Itália (14,6%) e Reino Unido (11,2%).

Dentro da produção da marca Volkswagen, 90% dos automóveis da marca alemã “made in Portugal” seguem lá para fora.

Ler mais
Relacionadas

Recorde. Portugal nunca produziu tantos automóveis como em 2019

A indústria automóvel em Portugal produziu 346 mil automóveis no ano passado, mais 17% face a 2018.

PSA: Em 55 anos de história, fábrica de Mangualde nunca produziu tantos automóveis como em 2019

A unidade nacional do grupo francês PSA atingiu um máximo de produção no ano passado, com os novos modelos, incluindo o regresso da produção da Opel em Portugal, 13 anos depois do encerramento da fábrica da Azambuja.
Recomendadas

British Airways anuncia suspensão de todos os voos para a China

As companhias aéreas Lion Air, Cathay Pacific, Asiana, Jeju Air, Jin Air e Air Seoul também já anunciaram suspensão ou cancelamento de voos para território chinês por causa do coronavírus, que já matou 132 pessoas.

Santander lucra 6,5 mil milhões em 2019, menos 17% que em 2018

O banco espanhol apresentou resultados a caírem por causa dos custos extraordinários com a operação que tem no Reino Unido. Mas em Espanha os lucros subiram. O Santander Totta, em Portugal, contribuiu com 525 milhões de euros para o resultado líquido.

Já arrancou a assembleia de acionistas da Cofina para votar compra da TVI

Os acionistas da dona do Correio da Manhã vão votar a compra da TVI e um aumento de capital no valor de 85 milhões de euros para financiar a compra da Media Capital. Assembleia da Cofina tem início depois de os acionistas da Prisa já terem dado luz verde à venda da TVI.
Comentários