Produção industrial alemã cai para mínimos de uma década

Produção nas fábricas da Alemanha recuou para 5,7% em outubro. Economia da Alemanha volta a dar sinais de fraqueza, depois de ter escapado a uma recessão técnica no terceiro trimestre.

A economia alemã volta a dar sinais de fraqueza, com a produção industrial a cair para 5,3% em outubro, em comparação com o ano anterior, naquela que foi a maior queda desde 2009. Segundo dados do Destatis, divulgados esta sexta-feira, também em cadeia recuou 1,7%.

A produção industrial é considerado um dos mais importantes barómetros sobre a saúde da economia da Alemanha e com impacto para a economia portuguesa e os analistas aguardam agora mais dados sobre o consumo.

“Em outubro de 2019, a produção industrial excluindo a energia e a construção caiu 1,7%”, explica o organismo de estatística alemão, revelando que a produção de bens intermediários aumentou para 1% e a produção de bens de consumo 3%.

A economia alemã evitou uma recessão técnica no terceiro trimestre, ao crescer 0,1% depois de ter recuado 0,2% no trimestre anterior. A desaceleração do crescimento da maior economia europeia tem sido atribuído às tensões comerciais e à incerteza em torno do Brexit.

Recomendadas

“Já se demitiram?”. Ana Gomes reage aos ‘Luanda Leaks’ e pede afastamento de Carlos Costa

Ex-eurodeputada já reagiu à revelação dos ‘Luanda Leaks’ e pergunta se Carlos Costa e Fernando Teixeira dos Santos já se demitiram.

Site da APAF pirateado numa manifestação de apoio a Rui Pinto

O site da APAF, que entretanto já voltou à normalidade, surgia com uma configuração completamente diferente da habitual, já que era apresentada com uma foto de destaque de Rui Pinto.

PremiumPSD remete alterações ao OE para depois de eleições internas

Propostas dos sociais-democratas só dão entrada no Parlamento a partir da próxima semana. Direção de Rui Rio chama a si proposta de redução do IVA da eletricidade por ter “relevo político nacional”.
Comentários