Produção na construção registou variação homóloga de 2,9% no mês de agosto

Este ligeiro abrandamento foi determinado pelo segmento da engenharia civil que apresentou uma variação de 3,2%, 0,3 pontos percentuais inferior à observada no mês de julho.

O índice de produção na construção registou uma variação homóloga de 3,0% em julho para os 2,9% em agosto,  segundo os dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) esta quinta-feira, 10 de outubro.

Um ligeiro abrandamento que foi determinado pelo segmento da engenharia civil que apresentou uma variação de 3,2%, 0,3 pontos percentuais inferior à observada no mês de julho, Já a construção de edifícios aumentou 0,1 pontos percentuais (p.p.), para uma variação de 2,7%.

Em relação aos índices de emprego e de remunerações efetivamente pagas, verificou-se um crescimento de 2,0% e 6,0%, respetivamente em termos homólogos (2,2% e 6,0% em julho). No que diz respeito ao mês anterior, estes índices variaram para -0,2% e -12,3%, respetivamente (0,0% e -12,2% em agosto de 2018).

Recomendadas

Empresas espanholas ficam com maioria das obras públicas em Portugal

As empresas nacionais asseguram apenas um terço dos 1.431 milhões adjudicados desde o início de 2019, escreve o “Público”.

PremiumGrupo Casais: “Vamos estar melhor preparados para 2021 do que antes da Covid”

A pandemia vai obrigar a uma retração controlada este ano, mas a construtora prevê crescer em Portugal e vai reforçar presença no Golfo Pérsico e nos Estados Unidos e entrar no Gana, segundo o CEO, António Carlos Rodrigues.

PremiumGrupo Casais aposta em edifícios de madeira

Construtora firmou parceria exclusiva para construir em Portugal com a tecnologia CREE.
Comentários