Programa de talento jovem arranca na SIBS com 21 ‘trainees’

O START tem a duração de um ano e é, na prática, uma porta aberta para mais tarde integrar os quadros da empresa.

Arrancou a quarta edição do START, o programa de de desenvolvimento de talento da SIBS, com o acolhimento de 21 novos ‘trainees’.

O START tem a duração de um ano e é, na prática, uma porta aberta para mais tarde integrar os quadros da SIBS. “Nas três primeiras edições do programa, a SIBS acolheu cerca de 40 trainees, dos quais mais a maioria ficou na empresa após o término do START”, avança a empresa.

Durante o programa, os ‘trainees’ serão integrados numa das equipas centrais da SIBS: Gestão de Produto, Estratégia, Analytics & Reporting, Segurança e Prevenção de Fraude, Otimização de Processos ou Operações, com imersão nas áreas mais importantes do negócio e da operação da SIBS. Todos os participantes recebem acompanhamento próximo dos Recursos Humanos da SIBS, têm um mentor e um ‘buddy’.

O START inclui oportunidades de formação em ‘soft-skills’ e em conhecimentos técnicos de várias áreas e experiência em lançamento de ideias e projetos de inovação em contexto corporativo, num estágio a full-time remunerado, tendo a possibilidade de integrarem a empresa de forma definitiva findo o ano do programa.

“É com muita satisfação que acolhemos os 21 novos trainees da 4.ª edição do START, dando início a mais um ano de integração de talentos. Contamos com eles para nos desafiarem e nos ajudarem a avançar com a transformação digital que estamos a conduzir”, refere Joaquim Nunes Correia, diretor de Comunicação e Sustentabilidade da SIBS.

Recomendadas

Crédito a empresas vai cair este ano face a 2020, avisa Paulo Macedo

As empresas “recorreram às linhas para alongar maturidades e por isso vão precisar menos de crédito a curto prazo”, avisou o CEO da CGD que teceu ainda críticas ao Programa Retomar. “Alguém se candidatou? Só por curiosidade”. Em alternativa defendeu o prometido “Programa Capitalizar”. Banca vai ter primeiro stress test ambiental já em 2022, anunciou.

Toyota movido a hidrogénio bate recorde: 1.360 km sem reabastecer

O Toyota Mirai bateu o recorde de distância com um único tanque para os automóveis a hidrogénio.

Presidente demissionário da CP explica decisão no Parlamento. Veja em direto

A pedido do PSD, Nuno Freitas é ouvido esta quarta-feira na Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação a pedido do PSD, para falar da sua saída e do futuro da empresa.
Comentários