Programa do Governo: Reforma da Floresta é para continuar

Explica ainda o Executivo que nas últimas duas décadas, a capacidade de sumidouro tem sido, em média, de 10 milhões de toneladas de CO2 por ano, embora possa variar em função da dimensão da área ardida em cada ano.

O Programa do XXII Governo Constitucional compromete-se a “prosseguir a reforma da floresta”. “A reforma da floresta foi adiada por demasiado tempo. Não há mais tempo a perder e a actual legislatura será mesmo decisiva para transformar, de vez, o panorama florestal no nosso país, de modo a evitar tragédias futuras”.

Para o Executivo, os espaços florestais (área arborizada, matos e pastagens) ocupam quase 70% da nossa área terrestre, constituem um elemento vital da paisagem e de sustentação aos ecossistemas, para além de uma âncora económica, ambiental e social dos territórios, suportando a jusante importantes fileiras económicas, como a indústria, o turismo ou a caça”.

Pode continuar a ler o artigo aqui.

Recomendadas

CAP: Condecoração da Ordem do Mérito Empresarial “é de todos nós”

O Presidente da República, condecorou esta terça-feira, 26 de Novembro, a CAP como Membro Honorário da Ordem de Mérito Empresarial, na vertente Agrícola.

Ministério da Agricultura inicia programa experimental de luta biológica contra a Trioza erytreae

A largada experimental, do parasitoide Tamarixia dryi, foi realizada no passado mês de Outubro, em 4 locais na região Centro do País e 3 locais na região oeste

CAL elege nova direção. Lista liderada por Moçambique tem todos os países da CPLP

Vão estar na assembleia geral, que será presidida por Rogério Hilário, em representação do CEC, representantes da CPLP — Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
Comentários