Projeto “TransforMAR” quer sensibilizar população para desperdício dos plásticos

Ana Matos, responsável de comunicação e sensibilização da Amb3E, alerta os cidadãos "para a importância da adoção de boas condutas na praia", e da "reutilização, reciclagem e redução do desperdício dos materiais plásticos".

Da iniciativa do Lidl Portugal, em parceria com a Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos (Amb3E), a Associação Bandeira Azul da Europa, a Associação Portuguesa do Ambiente (APA) e a Quercus, nasceu o projeto “TransforMAR”.

Esta campanha procura chamar a atenção da população aquando da sua permanência nas praias portuguesas, para regras de conduta na utilização dos materiais plásticos. O objetivo passa sobretudo para que os banhistas saibam dar o melhor destino a estes tipo de materiais e resíduos, que são produzidos enquanto usufruem do seu tempo na praia.

Em entrevista ao Jornal Económico, Ana Matos, responsável de comunicação e sensibilização da Amb3E, fala da adesão do público a esta iniciativa, bem como de outras ações de prevenção levadas a cabo fora do espaço balnear.

Em que consiste esta campanha?

O projeto “TransforMAR” é uma iniciativa do Lidl Portugal em parceria com a Amb3E, ABAE, APA e Quercus e pretende sensibilizar a população veraneante para a importância da adoção de boas condutas na praia e para os princípios da economia circular, através da recuperação, reutilização, reciclagem e redução do desperdício dos materiais plásticos. O seu propósito é desafiar os veraneantes a dar um destino adequado aos seus materiais e resíduos plásticos, produzidos enquanto usufruem do seu tempo na praia. Desta forma serão garantidas não só praias mais limpas, como um comportamento mais responsável por parte dos veraneantes.

A Amb3E, enquanto parceira, promove a correta recolha de resíduos plásticos e faz a gestão dos mesmos para que sejam transformados em aparelhos de circuito de atividade física, entregues às respetivas praias onde decorreram as recolhas. A escolha deste novo destino atribuído ao plástico, parte do propósito de aliar estilos de vida saudáveis a escolhas responsáveis.

Qual tem sido a adesão dos cidadãos?

O “TransforMAR” tem tido uma adesão fantástica por parte do público veraneante, que tem participado ativamente e de forma muito significativa. O próprio plasticódromo que é colocado nas praias é, em si, uma excelente forma também de chamar a atenção de todos, com um escorrega para as crianças e com a contagem em direto de unidades de resíduos plásticos colocados.

Em termos de números qual a quantidade de plásticos já recolhidos?

É ainda prematuro falar das quantidades de plástico já recolhidas, uma vez que o projeto ainda não terminou. De qualquer forma, a campanha está a ser muito bem recebida no seu périplo pelo país, com os banhistas a congratularem a ação e a participarem ativamente na ação com plásticos seus e recolhidos na praia ou noutros locais.

Além de serem transformados em aparelhos de desporto, estes plásticos são reutilizados para mais alguma função?

Os diferentes tipos de plásticos podem ser reciclados e utilizados na fabricação dos mais variados produtos. Os aparelhos desportivos são só uma das aplicações dos plásticos reciclados que o Lidl levará a cabo após o término do projeto.

Pensam prolongar esta campanha para lá do verão?

O “TransforMAR” está focado nas praias e na sensibilização do público veraneante, pelo que vive essencialmente nos meses em que as praias têm maior afluência.

Ainda assim, o Lidl Portugal tem desenvolvido diversas ações que promovem a sensibilização para a temática dos plásticos, para a prevenção e para a necessidade de se garantir a sua correcta reciclagem. É um exemplo disto, o compromisso assumido para redução de 20% dos plásticos nas lojas até 2025, já materializado pela iniciativa de eliminar a venda de produtos de plástico descartáveis.

A Amb3E também desenvolve outras ações de sensibilização que têm o mesmo objetivo de educar a sociedade para a separação de resíduos para a sua correta reciclagem, nomeadamente noutros fluxos, como o de resíduos de equipamentos elétricos, pilhas e lâmpadas. Estamos a falar de projetos que têm tido um importante impacto, como o Escola Eletrão, Eletrão Pilhas ou Quartel Eletrão.

Qual tem sido o papel da Amb3E em conjunto com o Lidl nesta ação?

A associação da Amb3E ao Lidl vai além da responsabilidade transferida pela gestão dos seus resíduos. Existe por parte de ambas as empresas a preocupação de sensibilizar e educar a sociedade para a separação de resíduos para a sua reciclagem e o projeto “TransforMAR” materializa e corporiza esta intenção partilhada.