PremiumPSD recupera cinco pontos e deixa PS mais longe da maioria absoluta

Sociais-democratas sobem quase cinco pontos em duas semanas, enquanto socialistas sofrem uma ligeira quebra, sendo os únicos a cair além do PAN.

O PSD e o seu presidente, Rui Rio, reduziram o enorme fosso que os separava do PS de António Costa a pouco mais de uma semana das eleições legislativas, e segundo uma sondagem realizada pela Aximage para o Jornal Económico entre 21 e 25 de setembro têm agora apenas 12,2 pontos percentuais de desvantagem nas intenções de voto. Isso torna ainda mais improvável um cenário de maioria absoluta socialista, no qual já não acreditam quatro em cada cinco entrevistados que preveem a vitória do PS a 6 de outubro.

O PS tem agora 37,4% de intenções de voto (menos um ponto percentual do que no início de setembro), e embora 78,4% dos entrevistados acreditem que será esse o partido mais votado (contra apenas 14,2% que indicam o PSD), entre eles só 16,1% antecipam que a vitória de António Costa traga a maioria absoluta que até hoje só foi conseguida por José Sócrates entre os socialistas, enquanto 81,5% apontam para uma maioria simples que forçará a entendimentos com mais partidos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

PremiumAutores da campanha reduzem polémica a “falsa questão”

“A questão das semelhanças é, na minha opinião, uma falsa questão e é, mais uma vez, reduzir a discussão ao logótipo”.

PremiumGoverno da Madeira defende que calamidade chega para proibir circulação na via pública

Presidente do executivo madeirense considera que o recolher obrigatório garante um direito maior, que é o “direito à vida e à saúde”.

PremiumVinda de CR7 mexeria nos “quatro pilares de receitas” do clube

Especialista em marketing desportivo acredita que um eventual regresso do jogador a Alvalade iria fazer disparar as vendas de merchandising, bilheteira, receitas televisivas e contratos de patrocínio.
Comentários