Quer ganhar o Euromilhões? Conheça a chave ideal (e os números a evitar)

Esta terça-feira há jackpot de 151 milhões de euros no Euromilhões.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

Esta terça-feira vão a jogo 151 milhões de euros no sorteio do Euromilhões, depois de no concurso anterior nenhum apostador ter acertado na chave vencedora. Se já está a sonhar com o grande prémio saiba quais são os números que saíram mais vezes até agora e que lhe podem dar acesso ao jackpot.

De acordo com dados disponibilizados pela Santa Casa da Misericórdia, os números que durante os 15 anos em que o concurso está em vigor saíram mais vezes são: o 50 (que saiu até agora 141 vezes), o 44 (139 vezes), o 23 (138 vezes), o 4 (135 vezes) e o 17 (133 vezes). Já nas estrelas, os números mais sorteados foram o 3 (244 vezes) e o 8 (244 vezes).

As estatísticas mostram também que se devem evitar os números 2, 33, 41, 46 e 47, que são os números que menos saem desde 2004. As estrelas a evitar, seguindo o mesmo raciocínio, são o 12 e o 11.

No concurso de sexta-feira passada, o segundo prémio foi partilhado por sete apostadores no estrangeiro, que receberam cada, um prémio de 257 mil euros. O terceiro prémio (52 mil euros) foi entregue a 8 apostadores, todos fora de Portugal. Já em relação ao quarto prémio, um dos 44 apostadores era português, que recebeu um valor unitário de 4.676 euros.

Dada a ausência de totalistas, o prémio do Euromilhões chega esta terça-feira aos 151 milhões de euros.

O maior prémio de sempre atribuído em Portugal foi de 190 milhões de euros, entregues a um apostador de Castelo Branco, em outubro de 2014.

Ler mais
Recomendadas
greve_motoristas_materias_perigosas_1

Greve dos motoristas originou 8 mil notícias e 205 horas de transmissão na televisão

As entidades com maior destaque foram a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP).

Trump promete não construir torre se comprar a Gronelândia

“Prometo não fazer isto na Gronelândia”, afirma Trump no Twitter. A publicação do presidente sobre a compra da ilha dinamarquesa pode querer significar que Donald Trump quer avançar com a oferta irrealista. O Governo de Copenhaga já deixou bem claro que a Gronelândia não está à venda e que a ideia é “absurda”.

Salas a 40 graus, baldes para a chuva e pragas de piolhos: retrato dos tribunais portugueses

Os presidentes das 23 comarcas judiciais de Portugal revelam um cenário de degradação, onde até as casas de banho são fechadas pelo entupimento das sanitas. Queixas estendem-se também aos computadores obsoletos e avarias constantes nas impressoras.
Comentários