Quer saber quanto vai receber na reforma? Consulte este simulador

A ferramenta pode ser utilizada por pensionistas do setor público e privado e tem em conta as tabelas de retenção 2020, o estado civil, o número de dependentes e ainda se o cônjuge ou os dependentes têm necessidades especiais.

O Doutor Finanças, empresa de consultoria em finanças pessoais e familiares, acaba de disponibilizar o Simulador de Pensão Líquida 2020, atualizado de acordo com o orçamento do Estado aprovado para este ano. Este simulador permite calcular a pensão líquida e perceber quanto os pensionistas irão efetivamente receber, após as devidas deduções.

A ferramenta desenvolvida pelo Doutor Finanças pode ser utilizada por pensionistas do setor público e privado e tem em conta as tabelas de retenção 2020, o estado civil, o número de dependentes e ainda se o cônjuge ou os dependentes têm necessidades especiais.

“Saber quanto vamos receber no final de cada mês é imperativo para conseguirmos organizar convenientemente as nossas finanças. Também no caso dos pensionistas esta questão é uma realidade”, diz Rui Bairrada, CEO do Doutor Finanças.

“Com mais este simulador Doutor Finanças oferecemos a todas as camadas da sociedade, de forma gratuita, todas as condições para planearem com efetividade as suas finanças pessoais”, acrescenta o responsável.

Como calcular

Para uma simulação efetiva da Pensão Líquida 2020 são necessárias algumas informações como: localização (Portugal Continental ou Regiões Autónomas), nº de titulares, tipo de pensão, valor bruto da pensão; número de dependentes e número de dependentes portadores de deficiência.

O valor da pensão líquida vai ajudar a um melhor planeamento das finanças pessoais e da poupança, pois corresponde a um valor base que irá receber em 2020. Caso tenha subscrito um PPR (Plano Poupança Reforma) ou outro tipo de plano de poupança, o valor líquido disponível mensalmente será o somatório das várias parcelas de rendimento.

Se tiver a necessidade de comparar a pensão de 2020 com os valores de 2019, a Calculadora de Salário Líquido 2019 ainda poderá ser ainda utilizada e consultada (aqui).

Tabelas de retenção de IRS

O Doutor Finanças adianta ainda que o seu Simulador de Salário Líquido 2020 já anunciado para Portugal continental, foi atualizado com base nas tabelas de retenção de IRS 2020 publicadas recentemente para as Regiões Autónomas.

Quem vive no arquipélago da Madeira ou no arquipélago dos Açores, já pode utilizar esta ferramenta para o cálculo da sua situação particular, ajudando no planeamento financeiro do agregado familiar.

O Doutor Finanças é uma empresa de consultoria em finanças pessoais e familiares, constituída por especialistas que ajudam pessoas individuais e coletivas a “curar as dores na carteira”.

No mercado desde 2014, o Doutor Finanças conta com uma equipa de mais de 100 “doutores”, que já ajudou mais de 50.000 pessoas a equilibrar as suas finanças e a sair de situações de sobre endividamento.

Ler mais
Recomendadas

Parlamento aprova a suspensão das rendas e da caducidade dos contratos de arrendamento

As alterações na legislação sobre habitação autorizam que as famílias podem suspender o pagamento da renda durante o Estado de Emergência se registarem uma quebra superior a 20% dos rendimentos do agregado familiar, face aos rendimentos do mês anterior ou do período homólogo do ano anterior.

Utiliza a aplicação Houseparty? Deco desaconselha

Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor apercebeu-se de que a “partilha de dados pessoais e a segurança pode ser melhorada”. A ‘app’ nega críticas de falta de privacidade e está a oferecer cerca de 900 mil euros a quem souber como começou a “campanha difamatória”.

Desempregado ou em lay-off? Saiba como trabalhar em instituições sociais ou de saúde para ganhar um rendimento extra

Esta medida, voluntária, é uma forma dos desempregados ou dos trabalhadores em regime de lay-off poderem ganhar um rendimento extra reforçando hospitais ou lares. Desempregados com direito a uma bolsa mensal de 438,8 euros, com os trabalhadores em regime de lay-off a terem o direito a 658,2 euros mensais.
Comentários