Recorde: Preço do metro quadrado das casas supera os dois mil euros pela primeira vez

A cidade de Lisboa é a capital de distrito mais cara do país, onde o metro quadrado chega em média a custar 4.607 euros, seguindo-se a cidade do Porto (2.779 euros por m2) e Faro (1.871 euros por m2).

O preço das casas em Portugal subiu 13,3% em 2019, o que leva a que o preço do metro quadrado (m2) no país seja em média de 2.028 euros, de acordo com o índice de preços da plataforma imobiliária Idealista, divulgada esta quarta-feira. É a primeira vez que a barreira dos dois mil euros por m2 é superada.

Com exceção do Alentejo – que registou uma inversão de 0,4% no preço das habitações -, o aumento do preço das casas verificou-se em todas as regiões de Portugal em termos anuais. Os aumentos mais significativos foram observados na região Norte e na Área Metropolitana de Lisboa, nomeadamente de 14,7%. Seguem-se, por esta ordem, a Região Autónoma da Madeira (8,1%), Algarve (7,3%), Região Autónoma dos Açores (1,9%) e Centro (1,6%).

Este aumentos levam a que, por exemplo, o m2 na Área Metropolitana de Lisboa tenha ascenido aos 2.941 euros, sendo hoje esta a região mais cara do país. No Algarve, o preço do m2 é de 2.209 euros, seguindo-se as regiões Norte (1.658 euros por m2) e da Madeira (1.556 euros por m2).

Por oposição, e em alternativa, as casas mais baratas podem ser encontradas na Região Autónoma dos Açores (918 euros por m2), no Alentejo (1.017 euros por m2) e no Centro (1.045 euros por m2).

Observando o valor das habitações nos 18 distritos do país, os valores do m2 agravam-se ainda mais. No distrito de Lisboa, o m2 de uma habitação está avaliado em média em 3.276 euros, seguindo-se Faro (2.209 euros por m2) e Porto (1.918 euros por m2). Os valores mais baixos encontram-se nos distritos do interior, nomeadamente em Portalegre (635 euros por m2), Guarda (673 euros por m2) e Castelo Branco (683 euros por m2).

Já, observando apenas as cidades capitais de distrito, os valores assumem outros patamares. A cidade de Lisboa é a capital de distrito mais cara do país, onde o m2 chega em média a custar 4.607 euros, seguindo-se a cidade do Porto (2.779 euros por m2) e Faro (1.871 euros por m2).

As cidades capitais de distrito continuam a ser, por ordem inversa, Guarda (684 euros por m2), Castelo Branco (691 euros por m2) e Portalegre (724 euros por m2).

Ler mais
Recomendadas

Mais de 29 mil sobre-endividados pediram ajuda à Deco em 2019

Mais de 29.000 sobre-endividados voltaram a pedir ajuda à Deco em 2019, tal como em 2018, sendo a principal causa de endividamento a deterioração das condições laborais, em vez do desemprego, segundo dados da associação.

Em Portugal a água da torneira está bem e recomenda-se

É certo que, algumas vezes, a água sai turva ou branca da torneira. Provavelmente, deve existir ar dissolvido na água, devido às oscilações de pressão nas tubagens e nos reservatórios. É um fenómeno pontual e não afeta a qualidade.

Não sabe quais as comissões que paga? Bancos passam a enviar relatório anual em janeiro

O extrato de comissões é um documento enviado pelo banco, em janeiro de cada ano, contendo “informação sobre todas as comissões cobradas no ano anterior pelos serviços associados à sua conta”, segundo o Banco de Portugal.
Comentários