Recuperados 286,4 milhões de dólares da construção do novo aeroporto de Luanda, diz PGR angolana

De acordo com uma nota a que agência Lusa teve hoje acesso, a recuperação desta verba ocorreu na sequência da fiscalização das obras do novo aeroporto de Luanda feita pelo Ministério dos Transportes e devidamente publicitada.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola anunciou hoje a recuperação de 286,4 milhões de dólares, que se encontravam em posse do CIF-Angola, na qualidade de gestora do projeto de construção do novo aeroporto internacional.

De acordo com uma nota a que agência Lusa teve hoje acesso, a recuperação desta verba ocorreu na sequência da fiscalização das obras do novo aeroporto de Luanda feita pelo Ministério dos Transportes e devidamente publicitada.

O processo de inquérito instaurado na Direção Nacional de Prevenção e Combate à Corrupção da PGR resultou na recuperação dos 286.462.201,66 de dólares (cerca de 253,4 milhões de euros), refere o documento, salientando que o valor recuperado já se encontra depositado numa conta do Estado angolano.

“O processo de inquérito prossegue a sua tramitação legal com vista ao apuramento de responsabilidades”, conclui a nota sem mais detalhes.

As obras de construção do novo aeroporto internacional de Luanda iniciaram em 2004, com empreiteiros chineses e financiamento da China, mas a sua conclusão está atrasada, tendo recentemente o Governo angolano anunciado a reformulação do projeto.

Em março, o executivo informou que as obras vão ser submetidas a correções de engenharia e funcionalidade, para adequar a estrutura aos padrões de modernidade, inovação e de conforto dos passageiros.

Segundo o ministro dos Transportes angolano, Ricardo de Abreu, as correções ao projeto, a decorrer até 2022, serão lideradas por uma comissão técnica, a indicar.

“Estamos a falar de um projeto que começou há dez anos, cuja concessão também é muito antiga”, afirmou Ricardo de Abreu, aludindo à obra em edificação na comuna de Bom Jesus, no município de Icolo e Bengo, a 30 quilómetros de Luanda, capital do país.

Os vários contratos públicos envolvendo obras do novo aeroporto internacional de Luanda e acessibilidades rodoviárias estão avaliadas em mais de 5.000 milhões de dólares (cerca de 4.350 milhões de euros).

O Governo angolano prevê que o novo aeroporto internacional de Luanda posssa acolher até 15 milhões de passageiros por ano.

Ler mais
Recomendadas

Justiça cabo-verdiana arquiva denúncia-crime do maior partido da oposição

A Procuradoria-Geral da República anunciou esta quinta-feira o arquivamento da denúncia-crime apresentada pelo maior partido da oposição (PAICV) contra a Câmara Municipal da Praia, que alegava “indícios de gestão danosa e irregularidades” na construção de um mercado.

João Massano candidata-se a presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados

O advogado vai apoiar e integrar a candidatura de António Jaime Martins a bastonário. “A valorização do advogado, individualmente, e da advocacia, no seu todo, promove-se através da formação e da partilha de experiências multidisciplinares, que trazem à classe uma atualização dos temas e das questões legais que estão na ordem do dia”, defende.

‘Hacker’ Rui Pinto recusa colaborar com justiça portuguesa

As autoridades portuguesas não estão a conseguir convencer o pirata informático a colaborar no processo em que é suspeito de tentativa de extorsão de meio milhão de euros contra o fundo Doyen Sports e na exploração de material informático apreendido.
Comentários