‘Rei das subidas’ de divisão. Morreu o treinador Vítor Oliveira

Conhecido como ‘rei das subidas’, o treinador alcançou 11 promoções para a liga principal em 18 presenças na II Liga.

Vítor Oliveira, treinador com uma longa carreira no futebol português, morreu hoje, aos 67 anos, depois de se sentir indisposto enquanto caminhava na zona de Matosinhos, confirmou à agência Lusa fonte próxima da família.

O ex-jogador e treinador, que estava sem clube desde que orientou o regresso do Gil Vicente à I Liga na época passada, foi assistido no local e transportado para o Hospital Pedro Hispano, mas acabou por não resistir.

Entre 1978 e 2020, Vítor Oliveira comandou Famalicão, Portimonense, Maia, Paços de Ferreira, Gil Vicente, Vitória de Guimarães, Académica, União de Leiria, Sporting de Braga, Belenenses, Rio Ave, Moreirense, Leixões, Trofense, Desportivo das Aves, Arouca, União da Madeira, Desportivo de Chaves e Paços de Ferreira.

Natural de Matosinhos, Vítor Oliveira representou Leixões, Paredes, Famalicão, Sporting de Espinho, Sporting de Braga e Portimonense como futebolista, tendo ficado conhecido como o ‘rei das subidas’, já como treinador, ao festejar 11 promoções em 18 presenças na II Liga.

Recomendadas

Pode o futebol português confinar novamente? Veja o “Jogo Económico”

Nesta edição do Jogo Económico contamos com a presença de Gustavo Tato Borges, vice-presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública que, entre outras questões, vai esclarecer que riscos corremos, em termos de saúde pública, com a manutenção das Ligas profissionais de futebol.

Liga francesa procura novo acordo para os direitos televisivos depois da rutura com a Mediapro

O futebol francês ficou sem o seu principal parceiro televisivo, confiando que o Canal + preencheria a vaga deixada, algo que não se concretizou. A emissora, através do seu diretor executivo Maxime Saada, anunciou que não renunciou apenas à compra dos direitos que estavam nas mãos da Mediapro, mas também informou que ia devolver à LFP o acordo de transmissão de dois jogos por dia (lote 3) que atualmente transmite, em troca de 330 milhões de euros por ano.

Conta do FC Barcelona no TikTok ajudou clube a aproximar-se dos fãs

Pelo sexto ano consecutivo, o clube catalão lidera em ‘gostos’, comentários e partilhas.
Comentários