Reino Unido espera aliviar confinamento a partir de março

Governo britânico espera adoptar uma estratégia de redução das restrições a partir da primavera, não descartando uma abordagem por camadas.

O governo britânico espera aliviar algumas das restrições do confinamento em março, à medida que o processo de vacinação avança, indicou o ministro os Negócios Estrangeiros britânico, Dominic Raab.

“O que queremos fazer é sair deste confinamento nacional o mais rapidamente possível”, disse o ministro britânico à televisão Sky News, citado pela agência Reuters, este domingo.

Dominic Raab acrescentou que “no início da primavera, esperemos que am março, estaremos em posição de tomar essas decisões”, vincando que não irão avançar com um levantamento de todas as restrições de uma vez.

“À medida que eliminamos o confinamento nacional, acabaremos por adoptar uma estratégia em camadas (regional)”, vincou.

O Reino Unido está em confinamento desde 5 de janeiro, com escolas fechadas para a maioria dos alunos, empresas não essenciais encerradas e teletrabalho sempre que possível. Aquando do anúncio, o governo britânico apontou para seis semanas, salientando que só é permitido “sair de casa por motivos restritos previstos na lei”, como fazer compras de bens essenciais ou ter assistência médica.

Recomendadas

Covid-19: PCP quer apoios a 100% para pais “imediatamante e com efeitos retroativos”

Intervindo numa sessão pública, em Lisboa, Jerónimo de Sousa lamentou que “PS, PSD e CDS-PP” tenham rejeitado na Assembleia da República a proposta do PCP que previa “o pagamento do salário a 100% a quem está em assistência a filhos até aos 16 anos, enquanto as escolas se mantiverem encerradas”, devido à pandemia de Covid-19.
catarina_martins_oe_2020

Covid-19: Catarina Martins faz um apelo a Costa para que estenda já as moratórias

“Deixo aqui hoje este apelo a António Costa: não espere que seja tarde demais, não espere pelo início dos despejos e das falências. As moratórias têm de ser estendidas já”, num comício maioritariamente virtual que assinalou o encerramento da conferência autárquica online e os 22 anos do BE, que comemora no domingo a sua fundação.

Covid-19: Uma centena de manifestantes anticonfinamento em Lisboa

À Lusa, o comissário Santos, da PSP, referiu que a concentração, promovida pelo Movimento Habeas Corpus, associado aos Juristas pela Verdade, chegou a reunir “cerca de cem pessoas”, por volta das 13h00, e que há meia hora estariam ainda 35 manifestantes no local.
Comentários