PremiumReitor da Universidade de Aveiro: “É necessário alinhar qualificações com necessidades do mercado”

Universidade de Aveiro está na linha da frente dos projetos que dão vida às primeiras instituições de ensino superior de matriz europeia.

Junta 12 instituições de ensino superior de outros tantos países e é uma das primeiras Universidades Europeias reconhecida, aprovada e financiada pela União Europeia. O reitor da Universidade de Aveiro,  Paulo Jorge Ferreira, um dos seus impulsionadores, defende que é mais do que um projeto ou um consórcio e explica porquê.

O distingue a Universidade ECIU dos restantes projetos que obtiveram financiamento nas ‘calls’ lançadas por Bruxelas?
Na primeira ronda foram aprovadas 17, incluindo a Universidade ECIU. O número cresceu para 41 com as que foram aprovadas na segunda ronda. A Universidade ECIU acrescenta ao clássico arsenal de cursos e diplomas a micro-credenciação e carteira de competências; introduz aprendizagem baseada em desafios, recolhidos junto das empresas e da sociedade em geral; aspira a ter impacto direto nos desafios do desenvolvimento sustentável, e, em particular, no desenvolvimento de cidades e comunidades mais resilientes e sustentáveis; e é universal, porque a sua área de atuação não é a engenharia, ou a saúde, as artes ou as humanidades, ou qualquer outra área do conhecimento.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Regresso à normalidade no ensino superior ainda não será este ano

As instituições de ensino superior não antecipam a retoma integral do ensino presencial até ao final do ano letivo, mas esperam que o plano de desconfinamento lhes permita voltar ao ensino misto rapidamente para recuperar aulas práticas.

Professores e diretores de escolas pedem para ser consultados na elaboração do plano de desconfinamento

Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas e Federação Nacional de Professores defendem que o Governo devia adotar medidas como testagem em massa nas escolas, bem como a da priorização dos professores quanto à vacinação.

“Sentimos que a indústria reconhece o valor da Universidade enquanto parceira”

Virgílio Cruz Machado destaca a importância de produzir ciência em parceria com o tecido industrial para que Portugal possa vir a posicionar-se melhor nos mercados internacionais. A Faculdade que dirige vai adotar a designação Nova School of Science and Technology para impulsionar a internacionalização.
Comentários