Revolut está a contratar e tem 50 vagas no Porto e Lisboa

Empresa tecnológica ligada à banca virtual está a recrutar. A Revolut tem 50 vagas disponíveis para posições que vão desde funções de gestão a tecnologia em Portugal.

A empresa de fintech tem 276 lugares disponíveis para reforçar as equipas da tecnológica nas mais variadas localizações. Em Portugal, a Revolut está a recrutar para preencher 50 vagas para as mais diversas áreas, desde apoio ao cliente a analistas de crime financeiro.

Embora no site oficial estejam apenas disponíveis 12 funções (uma em Lisboa, e 11 no Porto), a Revolut garante ao Jornal Económico (JE) que para o mesmo cargo existem várias posições, nomeadamente, para o Centro de Suporte e Inovação, em Matosinhos, que tem disponível 50 vagas para cerca de 11 funções.

“Para o nosso Centro de Suporte e Inovação, em Matosinhos, estamos a contratar mais de 50 pessoas para cerca de 11 funções – sendo, maioritariamente, agentes de apoio ao cliente e analistas de crime financeiro”, informa a equipa de comunicação da fintech ao JE.

São elas: analistas de crime financeiro, gestores de reclamações, agentes de apoio ao cliente (em idiomas como alemão, castelhano, japonês, italiano ou francês) e os respetivos coordenadores destas equipas. Estão ainda a recrutar profissionais para os cargos de analistas de dados e gestores de operações de aprendizagem e desenvolvimento.

A Revolut informa ainda que está a recrutar um profissional para a posição de gestor de operações global, um cargo que pode ser preenchido a partir de qualquer local em Portugal e que irá trabalhar para a equipa sediada em Londres.

A empresa adianta ao JE que para as vagas em causa (todas excepto apoio ao cliente), é obrigatório uma formação no ensino superior em STEM, finanças e/ou economia, cerca de três anos de experiência profissional e competências em SQL, Python (programação).

Já para as competências gerais de atendimento ao cliente, os candidatos têm na base de saber falar, escrever e compreender inglês de forma fluente e se estiverem a ser contratados com uma função de suporte para uma língua específica têm que também dominar essa língua. A equipa de recrutamento privilegia também experiência na indústria tecnológica e experiência com produtos de retalho e/ou experiência prévia em apoio ao cliente.

Quanto aos coordenadores de equipas a Revolut pede experiência em serviços financeiros enquanto que para os analistas de dados será requerido dois anos de experiência, competências em SQL e, preferencialmente, Python.

Ler mais
Recomendadas

Como usar a aplicação “Calendário” do Windows 10 para organizar a sua vida

O Windows 10 tem uma aplicação de calendário completa e versátil. Veja como a configurar e utilizar.

“O melhor candidato é aquele que o nosso cliente contrata”

Nesta entrevista ao JE, João Maciel diz que o advogado é um “problem solver” e aconselha a ter uma visão realista da profissão. Na hora de recrutar, acrescenta, as sociedades privilegiam a Universidade, a média do curso e as línguas estrangeiras.

Clientes que não queiram prolongar moratórias têm de informar banco até hoje

Os clientes que tenham aderido à moratória ficam automaticamente abrangidos, exceto quando comuniquem ao banco que não o pretendem, tendo para isso de o fazer até este domingo, 20 de setembro.
Comentários