Revolut está a contratar e tem 50 vagas no Porto e Lisboa

Empresa tecnológica ligada à banca virtual está a recrutar. A Revolut tem 50 vagas disponíveis para posições que vão desde funções de gestão a tecnologia em Portugal.

A empresa de fintech tem 276 lugares disponíveis para reforçar as equipas da tecnológica nas mais variadas localizações. Em Portugal, a Revolut está a recrutar para preencher 50 vagas para as mais diversas áreas, desde apoio ao cliente a analistas de crime financeiro.

Embora no site oficial estejam apenas disponíveis 12 funções (uma em Lisboa, e 11 no Porto), a Revolut garante ao Jornal Económico (JE) que para o mesmo cargo existem várias posições, nomeadamente, para o Centro de Suporte e Inovação, em Matosinhos, que tem disponível 50 vagas para cerca de 11 funções.

“Para o nosso Centro de Suporte e Inovação, em Matosinhos, estamos a contratar mais de 50 pessoas para cerca de 11 funções – sendo, maioritariamente, agentes de apoio ao cliente e analistas de crime financeiro”, informa a equipa de comunicação da fintech ao JE.

São elas: analistas de crime financeiro, gestores de reclamações, agentes de apoio ao cliente (em idiomas como alemão, castelhano, japonês, italiano ou francês) e os respetivos coordenadores destas equipas. Estão ainda a recrutar profissionais para os cargos de analistas de dados e gestores de operações de aprendizagem e desenvolvimento.

A Revolut informa ainda que está a recrutar um profissional para a posição de gestor de operações global, um cargo que pode ser preenchido a partir de qualquer local em Portugal e que irá trabalhar para a equipa sediada em Londres.

A empresa adianta ao JE que para as vagas em causa (todas excepto apoio ao cliente), é obrigatório uma formação no ensino superior em STEM, finanças e/ou economia, cerca de três anos de experiência profissional e competências em SQL, Python (programação).

Já para as competências gerais de atendimento ao cliente, os candidatos têm na base de saber falar, escrever e compreender inglês de forma fluente e se estiverem a ser contratados com uma função de suporte para uma língua específica têm que também dominar essa língua. A equipa de recrutamento privilegia também experiência na indústria tecnológica e experiência com produtos de retalho e/ou experiência prévia em apoio ao cliente.

Quanto aos coordenadores de equipas a Revolut pede experiência em serviços financeiros enquanto que para os analistas de dados será requerido dois anos de experiência, competências em SQL e, preferencialmente, Python.

Ler mais
Recomendadas

Como são financiadas as nossas reformas? Veja o “Economize”, programa de finanças pessoais

Acompanhe o “Economize” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

Como são financiadas as nossas reformas? Esta sexta-feira há “Economize”, programa de finanças pessoais

Acompanhe o “Economize” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

Saiba quem é pode beneficiar do pagamento repartido de dívidas à Segurança Social

Entrou em vigor a 8 de abril um regime excecional de pagamento faseado de dívidas de contribuições à segurança social que não se encontrem em fase de processo executivo.
Comentários