Rui Patrício e William Carvalho subscreveram obrigações da Sporting SAD

Recorde-se que os dois atletas rescindiram o contrato com o clube de Alvalade, após os acontecimentos de Alcochete, mas os clubes que os contrataram, Wolverhampton e Bétis de Sevilha, entraram em acordo para o pagamento de verbas de compensação ao Sporting.

Rafael Marchante/Reuters

Rui Patrício e William Carvalho, ex-jogadores do Sporting, revelaram hoje nas redes sociais terem subscrito obrigações da Sporting SAD, a dois dias do fim do prazo.

Recorde-se que os dois atletas rescindiram o contrato com o clube de Alvalade, após os acontecimentos de Alcochete, mas os clubes que os contrataram, Wolverhampton e Bétis de Sevilha, entraram em acordo para o pagamento de verbas de compensação ao Sporting.

Também hoje um grupo de sócios do Sporting, entre os quais dois ex-presidentes, apelou hoje à subscrição do empréstimo obrigacionista de 30 milhões de euros (ME), que consideram vital para o cumprimento das obrigações leoninas. dois ex-presidentes.

Num manifesto, subscrito por mais de 20 sócios que se têm destacado na vida do clube, entre os quais José Roquette e Filipe Soares Franco, são apresentadas cinco razões para subscrever obrigações, disponíveis no mercado até quinta-feira.

O documento destaca a importância de o clube cumprir as suas obrigações, lembrando que a operação em curso servirá para fazer face ao reembolso de um empréstimo obrigacionista que venceu em maio e cujo reembolso foi adiado para 26 de novembro.

Os signatários, entre os quais figuram antigos dirigentes como Miguel Salema Garção, Ernesto Ferreira da Silva e Tomás Froes, destacam a taxa de juro de 5,25% “claramente acima do prémio que o Sporting deveria pagar” e o facto de a equipa de futebol ocupar o segundo lugar na liga portuguesa e estar a um ponto da qualificação para os 16 avos de final da Liga Europa.

No manifesto é ainda referido o facto de o Sporting ter apresentado bons resultados no trimestre entre julho e setembro, e são antecipados bons resultados para o último trimestre do ano, devido ao acordo com Rui Patrício, e ao previsto com Gelson Martins.

Ler mais
Recomendadas

PremiumQuem está por trás dos clubes? Nem a UEFA sabe

Na Europa, 90% dos clubes não publica as suas contas e 77% estão em insolvência ou pré-insolvência. Estudo internacional sobre a propriedade de clubes mostra resultados surpreendentes sobre o fraco escrutínio aos capitais associados ao futebol.

“Quero mudar as peças do xadrez”: Português chega ao topo da Federação Internacional de Motociclismo

O português foi o único na corrida eleitoral para suceder ao venezuelano Vito Ippolito, no mais alto cargo da modalidade. Jorge Pessanha Viegas garante: “Vou ter uma gestão muito diferente”.

Quinze dias e 10 mil quilómetros depois, final da ‘Libertadores’ decide-se em Madrid

River Plate e Boca Juniors jogam este domingo a segunda mão da final no Estádio Santiago Bernabéu em Madrid, na Espanha, que deveria ter sido jogada há duas semanas em Buenos Aires, na Argentina.
Comentários