Rui Rio já convocou reunião extraordinária do Conselho Nacional do PSD

Pouco mais de 24 horas passadas sobre a avançada de Luís Montenegro, Rui Rio ripostou de forma dura e quer tudo clarificado no PSD.

Rui Rio já convocou uma reunião extraordinária do Conselho Nacional do PSD, para votar uma moção de confiança à sua liderança no partido, disse hoje, dia 12 de janeiro, há minutos, o dirigente social-democrata, em resposta ao desafio lançado ontem por Luís Montenegro ao seu consulado.

O presidente do PSD relembrou que foi eleito “há precisamente um ano” e que tomou posse no cargo “há menos de 11 meses”.

Numa declaração pública num hotel do Porto, que, a exemplo do que tinha feito Luís Montenegro no dia da véspera, não houve hipóteses para a colocação de perguntas, Rui Rio foi muito crítico do seu atual opositor, acusando-o de ‘”golpes palacianos”, “permanente política do bota-abaixo”, “postura eticamente questionável” e de “estar ao serviço de interesses pessoais ou de um qualquer grupo, às claras ou escondidos sob um manto de um qualquer secretismo”, aludindo à alegada pertença de Luís Montenegro a uma das fações da maçonaria.

Rui Rio considerou que o avanço de Luís Montenegro no ataque à liderança do PSD “é fazer um jogo ao PS e um serviço de primeiríssima qualidade a António Costa”.

Relacionadas

Crise no PSD: Rio acusa Montenegro de “fazer o jogo” do PS e de Costa

“Não há memória de na historia da democracia portuguesa, um dirigente ter lançado tamanha confusão e instabilidade no seu partido a tão pouco tempo das eleições. É difícil imaginar melhor serviço ao PS e ao Governo”, acusou o presidente do PSD, referindo-se a Luís Montenegro.
Recomendadas

Motoristas e patrões não chegam a acordo. Governo diz que tentou resolver conflito pelo diálogo

“Obviamente que não esperávamos este desfecho”, admitiu o ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos. O governante disse esta terça-feira que uma das partes quis definir resultados antes da negociação.

Reunião do Governo com sindicato dos motoristas decorre há cerca de quatro horas

O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias desvinculou-se da greve ao quarto dia, na quinta-feira à noite, e vai regressar às negociações com o patronato em 12 de setembro.

Ministra da Saúde defende que é necessário reorganizar maternidades

“Nesta época, procurámos garantir que as faltas [de profissionais] são supridas com recurso a prestação de serviço”, disse Marta Temido.
Comentários