Santander desafia startups a otimizar sector agroalimentar

Os empreendedores podem candidatar-se ao programa até ao próximo dia 11 de abril no site SantanderX, seguindo-se uma fase de pré-seleção e de apresentação dos projetos eleitos até ao final do mês.

Cristina Bernardo

O Santander lançou um desafio dirigido às startups que tenham ideias para transformar o sector agroalimentar em Portugal e Espanha, de forma a torná-lo mais produtivo, rentável e sustentável. O programa do banco – designado Santander Startups The Call Agro – pretende levar as empresas a apresentar projetos inovadores que possam responder a dois grandes desafios desta área de atividade: a digitalização e a sustentabilidade.

“As soluções visam a transição para produtos mais rentáveis, a profissionalização das explorações, a otimização e uso eficiente de água, produtos fitossanitários e soluções eficientes para o cultivo, distribuição e geração de procura por produtos ecologicamente sustentáveis”, explica a instituição bancária, em comunicado.

Os empreendedores podem candidatar-se até ao próximo dia 11 de abril no site SantanderX, seguindo-se uma fase de pré-seleção e de apresentação dos projetos eleitos até ao final do mês.

“Serão apurados quatro finalistas, que irão desenvolver com o banco provas de conceito para verificar a sua viabilidade. Em função das suas características e interesses, o Santander fará acordos ad hoc com cada um deles, encontrando o devido enquadramento para os projetos em questão”, pode ler-se no comunicado.

 

Recomendadas

EDP quer apoiar criação de empresas em Sines e Santiago do Cacém

O programa Nau, lançado pela EDP tem como parceiro o o Sines Tecnopolo. O derradeiro objetivo é potenciar um “ecossistema para o desenvolvimento de projetos empresariais ou de criação de emprego próprio, envolvendo ações de formação e consultoria, apoio técnico especializado e incubação de negócios”, refere a EDP.

Bruno Fernandes embaixador no lançamento do serviço de NFT’s de startup portuguesa

Os NFT’s poderão ser adquiridos através de pacotes de cromos, semelhantes aos que são vendidos em formato físico. Dentro de cada pacote, existem colecionáveis ​​de cinco níveis diferentes, que variam de acordo com a sua raridade: Comum, Especial, Épico, Lendário e Único – neste último, como o nome indica, apenas um será lançado para todo o mercado.

Incubadora de empresas em Palmela abre amanhã

Localizado em Pinhal Novo, o espaço foi remodelado e conta com seis gabinetes individuais, seis salas de utilização comum e zonas de apoio. O município presidido por Álvaro Manuel Balseiro Amaro quer atrair startups e acredita que este local permitirá às empresas – ou apenas empreendedores com uma ideia de negócio – desenvolverem “trabalho em rede”.
Comentários