Santander entre as 25 melhores empresas para trabalhar no mundo

O Santander, liderado por Ana Botín, já tinha sido incluído nas listas nacionais com as melhores empresas para trabalhar de Portugal, Argentina, Brasil, Chile, Dinamarca, Irlanda, México e Uruguai.

O banco Santander foi esta quarta-feira eleito uma das melhores empresas para trabalhar a nível mundial. Em comunicado enviado às redações, o Santander “integra pela primeira vez a lista mundial das 25 empresas consideradas “Great Place to Work“. O prémio foi atribuído pelo “World’s Best Workplaces 2019”.

O Santander, liderado por Ana Botín, já tinha sido incluído nas listas nacionais com as melhores empresas para trabalhar de Portugal, Argentina, Brasil, Chile, Dinamarca, Irlanda, México e Uruguai.

“Este ano, o Banco Santander foi considerado o Melhor Banco para Trabalhar em Portugal pela terceira vez consecutiva e, simultaneamente, a segunda Melhor Empresa de grande dimensão (mais de mil colaboradores) para trabalhar no país, pelo Great Place to Work Institute”, revela o banco em comunicado.

O “World’s Best Workplaces” é um estudo mundial que mede a qualidade ambiente de trabalho das organizações e é realizado em mais de 60 países e abrange empresas que operam em diferentes setores de atividade como a banca e seguros, comércio e distribuição, tecnologias de informação, farmacêutico e saúde.

O ranking é efetuado com base nas respostas dos colaboradores das próprias empresas e a análise do Instituto às políticas e práticas das empresas, em comparação com as outras participantes

Existem critérios para que uma empresa conste da lista mundial “Great Place to Work”. Terá de estar presente pelo menos cinco listas nacionais e ter pelo menos cinco mil colaboradores no mundo, com 70% da força de trabalho fora do país de origem da companhia.

Ler mais
Relacionadas

Santander junta-se a 13 bancos e cria o Trade Clube Alliance, plataforma de comércio internacional

A plataforma, apresentada em Londres, inclui uma base de dados de 600.000 empresas, que podem assim conectar-se e fazer parcerias, mais de 25.000 estudos de mercado e informações sobre mais de 180 países.

PremiumSantander é o mais rentável e eficiente. Novo Banco está no extremo oposto

O Novo Banco e o BCP foram os que constituíram mais imparidades para crédito. Já em termos de stock de malparado o Novo Banco é o campeão. No que toca ao ativo, o Crédito Agrícola superou pela primeira vez o Banco Montepio.
Recomendadas

Banco de Portugal adopta ‘energia verde’ nos seus edifícios

“A transição para a nova forma de consumo de energia deverá estar concluída ainda durante o primeiro trimestre deste ano. Com esta medida, o Banco tem como objetivo reduzir a sua pegada de carbono”, explica a instituição

BCE pede aos bancos que evitem “distorcer” resultados de testes de stress

A cada dois anos, a Autoridade Bancária Europeia e o BCE realizam os chamados testes de stress a 50 bancos da União Europeia para medir a força das entidades bancárias em diferentes cenários de stress, como uma crise, por exemplo.

Haitong encaixou ganho de 1,97 milhões com venda de subsidiária na Irlanda

Com esta transação, o Haitong Bank reforçou significativamente a qualidade dos seus ativos e o rácio de NPL (“Non-Performing Loans”) passou a situar-se abaixo dos 5%, adianta o banco.
Comentários