Siemens Gamesa compra fábrica de pás eólicas Ria Blades em Vagos

O consórcio germânico-espanhol comprou a fábrica portuguesa da alemã Senvion que emprega 1.400 trabalhadores.

A Siemens Gamesa, gigante mundial de energia eólica, anunciou hoje a compra de vários ativos europeus da alemã Senvion por 200 milhões de euros.

O negócio inclui a compra da fábrica de pás eólicas Ria Blades em Vagos, Aveiro, anunciou a Siemens Gamesa esta segunda-feira.

A Ria Blades é uma “das fábricas mais competitivas da Europa”, destaca a companhia. A unidade industrial em Vagos iniciou a produção em 2009 e emprega 1.400 trabalhadores.

Esta fábrica vai ajudar a “reforçar a cadeia de valor industrial da Siemens Gamesa e reduzir a dependência de fornecedores da Ásia, reduzindo assim a volatilidade devido à incertezas derivadas dos atuais problemas no comércio”.

“A fábrica altamente competitiva” tem das “melhores características operacionais e vai ajudar a apoiar as vendas internacionais”.

“Esta transação é um passo importante para a Siemens Gamesa.  Os ativos da Senvion vão ajudar-nos a crescer em mercados essenciais e acrescentar capacidade importante na Alemanha e noutros importantes mercados europeus e a a fábrica de pás vai ajudar-nos a mitigar o risco neste ambiente difícil de comércio” , destacou o presidente executivo da Siemens Gamesa, Markus Tacke.

Os cerca de dois mil trabalhadores da Senvion vão integrar a Siemens Gamesa.

O negócio está sujeito a aprovações regulatórias e deverá estar fechado até março de 2020.

Ler mais
Recomendadas

Novabase conclui aumento e redução de capital em 26 de novembro

A Novabase irá concluir o processo de aumento e redução do capital, que iniciou no mês passado, em 26 de novembro, passando as ações a ter um valor nominal de 1,74 euros, revelou a empresa.

Justiça e Banco de Portugal avaliam benefícios da comunicação eletrónica com tribunais

Protocolo celebrado entre IGFEJ e BdP permitirá que as cerca de 50 mil notificações anuais, que anteriormente eram feitas em carta por via postal, entre os tribunais e o Banco de Portugal passarão agora a ser feitas por via eletrónica.

Receitas da Altice Portugal crescem 2,1%, para 536 milhões de euros no terceiro trimestre

O crescimento das receitas foi sustentado sobretudo pelo segmento do consumo, Base de clientes da da empresa de telecomunicações cresceu “pelo oitavo trimestre consecutivo”.
Comentários