PremiumSiemens Portugal tem 100 vagas por preencher

A crise pandémica passou ao lado da Siemens Portugal: recrutou 250 trabalhadores no espaço de um ano e quer agora contratar mais 100.

Crise pandémica e económica? Qual crise? A Siemens Portugal tem passado ao lado dos efeitos negativos para a economia da pandemia de Covid-19.

A subsidiária portuguesa da companhia alemã tem 100 vagas por preencher. “Estamos a falar na criação de cerca de 100 novos empregos dentro deste ecossistema” da mobilidade elétrica, diz Fernando Silva da Siemens Portugal em entrevista ao Jornal Económico (JE).

As vagas estão abertas nas áreas de “investigação e desenvolvimento, de engenharia, do software e também da produção”.

O projeto que a Siemens Portugal está a desenvolver no âmbito da mobilidade elétrica “tem um impacto direto nos números de exportação, mas também na criação de empregos qualificados ao nível do país”, defende o gestor.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Metade das empresas na restauração e alojamento apresentaram quebras de 90% na faturação em março

Volvido um ano desde o início da pandemia, 43% das empresas de restauração já efetuaram despedimentos, um valor que reduz para 28% no sector do alojamento turístico.

Startup portuguesa Coverflex levanta cinco milhões de euros na maior ronda ‘pre-seed’ de sempre em Portugal

A Coverflex fornece às empresas uma plataforma digital de compensações flexíveis. O objetivo da startup com o valor recebido é internacionalizar a operação e “recrutar mais talento para as equipas de produto e engenharia”. Coverflex quer fechar 2021 com uma equipa de 60 pessoas.

António Costa marca presença no arranque das obras de expansão do Metropolitano de Lisboa. Veja em direto

O primeiro-ministro, António Costa marca presença na sessão de assinatura do auto de consignação do Plano de Expansão do Metro de Lisboa, orçamentado em cerca de 210 milhões de euros. Veja em direto.
Comentários