Silopor vai investir mais de meio milhão de euros na instalação de 1.650 painéis solares na Trafaria

Prevê-se que esta unidade de produção para autoconsumo possa suprir toda as necessidades do edifício central do terminal portuário.

A Silopor vai investir mais de meio milhão de euros na instalação de 1.650 painéis solares fotovoltaicos na Trafaria, avança uma nota da ‘newsletter’ da Portos de Portugal, a que o Jornal Económico teve acesso.

“A Silopor encontra-se a instalar, nos seus silos da Trafaria, 1.650 painéis fotovoltaicos, num investimento total superior a quinhentos mil euros”, avança a referida informação.

De acordo com o documento em causa, “em virtude da sua localização e condições próprias da estrutura dos silos portuários, prevê-se que esta unidade de produção para autoconsumo possa suprir toda as necessidades do edifício central do terminal portuário”.

“Esta infraestrutura significa uma potência instalada de 528 kilowatts (KW), que corresponderá, potencialmente, a uma produção anual de energia de 770 000 KW”, assinala o documento em questão.

Recomendadas

Marques Mendes diz que CGD liderará sindicato bancário para financiar o Novo Banco

Luís Marques Mendes, revelou este domingo que a injeção do Fundo de Resolução no Novo Banco vai ser possível através do empréstimo de um sindicato bancário, que será liderado pela CGD. O comentador revelou que não houve qualquer conversa entre o BCP e o Governo para uma fusão com o Montepio. O JE confirmou que Miguel Maya não falou com João Leão sobre uma integração do Banco Montepio.

Premium“Construtoras nacionais apenas ficam com 20% das obras públicas”, diz bastonário da Ordem dos Engenheiros

O desinvestimento em pessoas e equipamentos ao longo dos últimos anos foi tão grande que apenas 20% das obras públicas lançadas ficam em empresas portuguesas, afirma Carlos Mineiro Aires.

Miguel Albuquerque diz que “a Madeira vai ultrapassar efeitos devastadores no turismo”

O presidente do Governo da Madeira mostrou-se este domingo convicto de que a região vai conseguir superar “mais este grande desafio” dos “efeitos devastadores” no setor do turismo provocado pela pandemia da covid-19.
Comentários