‘SIM Turismo’: ‘app’ quer ajudar a recuperar setor da restauração

A ‘SIM Turismo’ procura (através da implementação de QR Codes nos restaurantes e nos hotéis) facilitar o acesso a menus, promoções e reservas, ao mesmo tempo que contribui para a criação de proximidade com os clientes destes espaços, melhorando a experiência e dando uma resposta mais eficaz às suas necessidades.

A ‘SIM Turismo’ quer aproximar os clientes aos restaurantes, através de uma comunicação digital contínua, que permita facilitar a recuperação do agastado setor da restauração. A pandemia de Covid-19 impôs novos desafios ao setor que, através da digitalização procura recuperar fregueses e reduzir o impacto da crise no setor do turismo.

Desenvolvida pela empresa ‘Message in a Bottle’ em conjunto com a ‘msgFactory’, a ‘SIM Turismo’ procura (através da implementação de QR Codes nos restaurantes e nos hotéis) facilitar o acesso a menus, promoções e reservas, ao mesmo tempo que contribui para a criação de proximidade com os clientes destes espaços, melhorando a experiência e dando uma resposta mais eficaz às suas necessidades.

A estratégia da ‘SIM Turismo’ pretende tirar o máximo partido do SMS Marketing – envio segmentado de mensagens curtas destinadas a comunicar oportunidades, ofertas, atualizações e alertas relevantes para os clientes. Desta forma, será possível recorrer a campanhas de cupões, campanhas de aniversário, uso de questionários, através de ferramentas de som e imagem, que tornam as mensagens mais personalizadas e atraentes para os utilizadores.

Ruben Obadia, diretor-geral da Message in a Bottle, diz acreditar que “esta iniciativa vai permitir explorar o potencial dos negócios de restauração e de hotelaria no nosso país, reforçando a confiança dos consumidores através da comunicação de uma mensagem positiva que acaba por ser a prova de que o sector procura a constante atualização na forma como se relaciona com os clientes.”

De acordo com Filipe Mendes, presidente executivo da msgFactory, “é com orgulho que nos associamos a esta iniciativa, auxiliando com soluções tecnológicas à transformação digital do turismo em Portugal”.

Recomendadas

CMVM aplica multas de 1,175 milhões entre julho e setembro

No terceiro trimestre de 2020, a CMVM proferiu decisão em seis processos de contraordenação, dos quais quatro por violação dos deveres de atuação dos auditores, dois referentes a deveres de intermediação financeira.

Lloyd’s com lucros de 783 milhões de euros até setembro. Caem 64% num ano

No acumulado dos nove meses, o banco liderado por António Horta Osório registou lucros de 707 milhões de libras (783 milhões de euros) o que traduz uma queda de 64% face aos nove meses de 2019. Imparidades de 4,119 mil milhões de libras justificam a queda dos resultados líquidos. Mas no terceiro trimestre o banco regressou aos lucros.

Cobertura dos media portugueses à Fórmula 1 gerou 13,1 milhões de euros em três dias

Estima-se que a realização do Grande Prémio de Portugal, em Portimão, gerou um impacto financeiro entre 40 a 50 milhões de euros. No que respeita à cobertura dos media portugueses, só as televisões geraram 10,9 milhões de euros, segundo uma análise da Marktest.
Comentários